Prémio Científico Mário Quartin Graça

Estão abertas as candidaturas até 31 de maio para o Prémio Científico Mário Quartin Graça, instituido pela Casa da América Latina e pelo Banco Santander Totta, destina-se a distinguir teses de doutoramento realizadas por investigadores portugueses ou latino-americanos em universidades de Portugal ou da América Latina. Os temas devem ser de interesse comum ou resultar, na sua elaboração, da colaboração entre universidades de ambos os lados do Atlântico.

O prémio prevê as categorias de Ciências Sociais e Humanas, Tecnologias e Ciências Naturais e Ciências Económicas e Empresariais e é constituído por uma importância de 5.000 euros para cada uma das três categorias.

Regulamento: Português | Espanhol
Formulário: Português | Espanhol

_______________________

Edição de 2016

O júri da 7ª edição do Prémio Científico Mário Quartin Graça 2016, parceria entre a Casa da América Latina e o Santander Totta, decidiu por unanimidade distinguir Daniele Fontoura (Brasil), pela sua tese “Envelhecimento e Mercado de Trabalho no Setor Hoteleiro Brasileiro e Português: Uma Perspetiva de Género” com a cotutela da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa; Vítor de Sousa (Portugal), pela tese “Da ‘Portugalidade’ à Lusofonia”, realizada na Universidade do Minho; e Jorge Fernando Pereira (Portugal) com a tese “Um conto de dois bioprocessos”, realizada no Departamento de Química da Universidade de Aveiro.

A cerimónia de entrega do prémio, no valor de cinco mil euros para cada categoria, terá lugar na sede da Casa da América Latina, no dia 16 de dezembro, às 11h30.

Consulte: Notícia da atribuição do prémio

Edição de 2015

O júri da 6ª edição do Prémio Científico Mário Quartin Graça 2015, parceria entre a Casa da América Latina e o Santander Totta, decidiu por unanimidade distinguir Isabel Araújo Branco (Portugal), pela sua tese “A receção das literaturas hispano-americanas na literatura portuguesa contemporânea: edição, tradução e criação literária” realizada na Universidade Nova de Lisboa; Erica Castanheira (Portugal), pela tese “Environmental Sustainability Assessment of Soybean and Palm Biodiesel Systems: a Life-Cycle Approach”, realizada na Universidade de Coimbra; e Gustavo Miguel Guillemin (México) com a tese “Desarrollo de capacidades tecnológicas para el diseño electrónico en productos en Pymes de la Zona Metropolitana de Guadalajara”, na Universidade Nacional Autónoma do México.

A cerimónia de entrega do prémio, no valor de cinco mil euros para cada categoria, teve lugar em Lisboa no dia 20 de novembro.

Consulte: Notícia da atribuição do prémio | Notícia da cerimónia de entrega do prémio | Galeria de fotos
_______________________

Edição de 2014

O júri da 5ª edição do Prémio Científico Casa da América Latina/Santander Totta 2014 decidiu por unanimidade distinguir Francismar Alex Lopes de Carvalho (com a tese Lealdades Negociadas: Povos indígenas e a expansão dos Impérios Ibéricos nas Regiões Centrais da América do Sul [segunda metade do séc. XVIII], na categoria de Ciências Sociais e Humanas), Alexandre Ferreira Mascarenhas (com a tese Moldes e Moldagens: Instrumentos de protecção, preservação e perpetuação da obra de António Francisco Lisboa, na categoria de Tecnologia e Ciências Naturais) e Cristina Pereira (com a tese Estudos sobre a solidez do sistema bancário da OCDE: Crises bancárias, endividamento e incumprimento no período 1991 a 2009, na categoria de Ciências Económicas e Empresariais).

A cerimónia de entrega do prémio, no valor de cinco mil euros para cada categoria, teve lugar em Lisboa no dia 18 de Dezembro.

Consulte: Notícia da atribuição do prémio

_______________________

Edição de 2013

André Sucena Afonso (com a tese Bioecologia e padrões de movimentação de tubarões no litoral do Recife, Brasil, na categoria de Ciências Exactas e Naturais), Miguel Barreto de Sousa Henriques (com a tese Laboratórios de Paz em territórios de violência: abrindo caminhos para a paz na Colômbia?, na categoria de Ciências Sociais e Humanas) e Oliva Maria Dourado Martins (com a tese Marketing Social: uma aplicação ao comportamento do aleitamento materno, na categoria de Ciências Económicas e Empresariais).

Consulte: Notícia da atribuição do prémio | Notícia da cerimónia de entrega do prémioFotografias, áudio e vídeo da cerimónia | Pareceres dos membros do júri | Abstract da tese de André Afonso | Abstract da tese de Oliva Martins | Abstract da tese de Miguel Henriques | Entrevista a André Sucena Afonso | Entrevista a Oliva Maria Dourado Martins | Entrevista a Miguel Barreto Henriques

 

_______________________

Edição de 2012

Na categoria de Tecnologias e Ciências Naturais: Carlos Rafael Borges Mendes, pela tese de doutoramento apresentada em 2011 ao Departamento de Biologia Vegetal da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, intitulada Dynamics of phytoplankton communities around the Antarctic Península and off the Portuguese coast. Na categoria de Ciências Sociais e Humanas: Mércia Carréra de Medeiros, pela tese de doutoramento apresentada em 2011 ao Departamento de Ciências e Técnicas do Património da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, intitulada A lógica de planejamento português na Capitania de Pernambuco – 1535 a 1554.

Consulte: Notícia da atribuição do prémio | Notícia da cerimónia de entrega do prémio

_______________________

Edição de 2011

Na categoria de Ciências Sociais e Humanas, foi distinguido, por unanimidade, Marcus de Martini, brasileiro, com a tese de doutoramento «As chaves do Paraíso. Profecia e Alegoria na obra do Padre António Vieira», concluída na Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. Na categoria de Tecnologias e Ciências Naturais, o premiado também por unanimidade, foi Ricardo Galeno Fraga de Araújo Pereira, brasileiro, pela sua tese de doutoramento «Geoconservação e Desenvolvimento sustentável na Chapada Diamantina”, concluída em Portugal, na Universidade do Minho.

Consulte: Notícia de atribuição do prémio