Know How português é incentivo à internacionalização no Uruguai

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

A Missão Empresarial ao Uruguai vai ser promovida numa reunião empresarial organizada pela Casa da América Latina, a Embaixada do Uruguai, a Câmara de Comércio Portugal Atlântico-Sul e o Novo Banco no próximo dia 29 de março.

O objetivo é que se conheçam as oportunidades de negócios no país nos setores de gestão de resíduos urbanos e industriais e saneamento básico, mobiliário urbano e iluminação pública e equipamentos hospitalares.

E porquê estes setores? Filipe Romão Vasconcelos, Presidente da Câmara de Comércio Portugal-Atlântico Sul, explica em declarações à Casa da América Latina, a importância de cada um deles para o investimento dos empresários portugueses no Uruguai.

Gestão de resíduos urbanos e industriais

“O Uruguai é um país com um sistema de recolha, gestão e aproveitamento de resíduos urbanos e industriais consideravelmente mais atrasado do que o português. Estão a atravessar um momento em que o debate acerca desta questão está na ordem do dia e em que o Governo e os Municípios estão dispostos a auscultar outros para tomar decisões. Por outro lado, já estão instaladas no mercado algumas empresas do setor (consultoria, tratamento de resíduos e reciclagem), mas com défice de know how. Existe uma rede de contactos avançada neste setor e estão identificados os principais desafios.”

Soluções para saneamento básico

“Aplicamos o referido no ponto anterior, em termos de debate, destacando que uma parte da população do Uruguai ainda não reside em áreas ligadas a uma rede de esgotos.”

Mobiliário urbano

“Há concursos públicos frequentes nesta área, destacando-se os do Município de Montevideo, com uma população de 1,3 milhões de habitantes. O Uruguai tem escassez de produção deste tipo de bens e o abastecimento é feito por empresas chinesas ou empresas alemãs/italianas, etc. Há um relativo desconhecimento da indústria portuguesa que com as suas vantagens comparativas em relação às suas congéneres europeias pode ter aqui uma oportunidade.”

Iluminação/led

“Aplica-se o referido no ponto anterior, sendo que identificámos necessidades claras de abastecimento de led no âmbito de concursos públicos municipais. Neste caso, os programas de infraestruturas do governo também poderão ser um estímulo em função da requalificação de algumas estradas.”

Equipamento hospitalar

“Também neste setor o Uruguai importa a esmagadora maioria do que consome. Há casos de empresas portuguesas que estiveram no Uruguai e que, através de parceiros locais, começaram a trabalhar este mercado. À semelhança do referido no ponto anterior, as vantagens comparativas da oferta portuguesa em comparação com a de outros mercados europeus aliadas à qualidade do produto (sobretudo em comparação com alguma oferta proveniente da China a custos mais reduzidos) constituem uma oportunidade.”