CAL e Fundação AIP promovem missão empresarial no Uruguai

Etiquetas: , , , ,
___________________________________________________________________________________

16 de março
15h30
Fundação AIP (Travessa da Guarda, 3 – à Junqueira)
Sujeito a inscrição para o e-mail internacionalprojectos@aip.pt

A Casa da América Latina (CAL), a Fundação AIP e a Câmara de Comércio Portugal – Atlântico Sul realizam uma reunião empresarial sobre “Oportunidades de Negócio no Setor da Construção e Obras Públicas no Uruguai” no próximo dia 16 de março, pelas 15h30, nas instalações da Fundação AIP (Travessa da Guarda, 3 – à Junqueira).

Esta iniciativa vem na sequência do workshop realizado no passado dia 16 de fevereiro e enquadra-se nas reuniões setoriais de promoção da Missão Empresarial ao Uruguai a realizar de 19 a 23 de abril.

Workshop Uruguai

“O Uruguai é o melhor aeroporto para aterrar na América Latina”, afirmou o representante da Câmara do Comércio Portugal Atlântico Sul (CCPAS), Filipe Vasconcelos Romão, no workshop organizado pela Fundação Associação Industrial Portuguesa (AIP), em conjunto com a Casa da América Latina (CAL).

O encontro teve como objetivo dar a conhecer as oportunidades de negócio e de investimento no Uruguai a empresas portuguesas e a realização de uma missão empresarial integrada na Semana de Portugal, que decorrerá entre 16 e 24 de Abril no Uruguai. Esta missão tem como objetivo potenciar as relações comerciais entre Portugal e o Uruguai, ainda pouco expressivas.

O Presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos, afirmou que as fragilidades do Uruguai podem ser encaradas como uma oportunidade, salientando que o país tem tido um crescimento sólido de 3% a 4% do PIB, número “suficiente para apelar aos investimentos das empresas portuguesas”.

No sentido de “intensificar a relação económica” entre os dois países, a recém-chegada Embaixadora do Uruguai em Portugal, Brígida Scaffo Erviti, lembrou os benefícios legais e a qualidade das infraestruturas que auxiliam a implementação de negócios no Uruguai. Exemplo disso é o Porto de Montevideu, os empreendimentos de turismo, a liberação de impostos nas Zonas Francas, ou mesmo os dados que apontam o país como aquele que tem o melhor índice de desenvolvimento humano na América Latina.

No âmbito da apresentação da Uruguai XXI, agência pública responsável pela atração de investimento, Paula Leite, explicou, na sua intervenção por videoconferência, que o Uruguai se tem tornado num país cada vez mais confiável para os investidores, estando em “contínuo crescimento”, com uma posição favorecida, integrada no Mercosul, possuindo ainda um Tratado de Comércio Livre com o México.

Um exemplo de “sucesso”

A experiência do Grupo E.T.E. no Uruguai foi definida por Luís Mira de Oliveira como “muito positiva”. A Transfluvial é um consórcio composto por três empresas: a Schandy (Uruguai), a UltraTug (Chile) e o Grupo E.T.E., constituído para participar num concurso internacional de fornecimento de transporte fluvial na fábrica de Montes del Plata (maior investimento estrangeiro no Uruguai).

O representante da Câmara do Comércio Portugal Atlântico Sul (CCPAS), Filipe Vasconcelos Romão, lançou o desafio às empresas de “olhar para as oportunidades que já existem”, beneficiando com as relações históricas entre Portugal e o Uruguai, a proximidade cultural, a cooperação política e militar e o enquadramento legal favorável. Esta conjugação abre as portas a oportunidades de negócio entre empresas de dois países, com dimensões e graus de desenvolvimento (IDH) relativamente semelhantes. “O Uruguai é o melhor ponto para aterrar na América Latina”, afirma.

A secretária-geral da CAL, a encerrar o evento, salientou, o trabalho continuado de equipa entre a instituição que representa, a Fundação AIP e a Câmara de Comércio Portugal Atlântico Sul, sempre com o propósito de aproximar Portugal da dos países da América Latina, abrir novos mercados para as empresas nacionais e apoiá-las no seu processo de internacionalização. ”O nosso êxito é o êxito das nossas empresas e é para isso que trabalhamos todos os dias. Estou convicta do sucesso da Semana de Portugal no Uruguai e de que será um marco no relacionamento dos nossos dois países”, afirmou Manuela Júdice.