CAL e AIP promovem Missão Empresarial ao Uruguai

Etiquetas: , , , ,
___________________________________________________________________________________

A Fundação AIP e a Câmara de Comércio Portugal – Atlântico Sul organizam uma missão empresarial a Montevideu entre os próximos dias 19 e 23 de Abril, no âmbito da Semana de Portugal no Uruguai. As inscrições por parte das empresas interessadas poderão ser feitas até dia 29 de fevereiro.

O objetivo, enquadrado na intenção da organização da Semana de Portugal no Uruguai 2016 de fomentar um estreitar de relações entre instituições e empresas dos dois países, é proporcionar a estas últimas a identificação de potenciais parceiros e dar a conhecer as principais oportunidades de negócio e de investimento neste mercado.

Esta missão empresarial focará prioritariamente os setores de Produção Energética, Tratamento de Resíduos, Construção e Obras Públicas, Mobiliário Urbano, Turismo, TICs, e Agro-Alimentar, mas não se limita a estas áreas. Os participantes terão oportunidade de entrar em contacto com organismos locais de apoio à comunidade empresarial, fazer visitas de prospeção e recolher informação sobre o estado da indústria e do comércio Uruguaio.

O programa de trabalhos inclui seminários técnicos sobre as oportunidades de negócio e investimento no país, ações de networking, reuniões institucionais e uma agenda de contactos individuais de acordo com o perfil de cada empresa. A Semana de Portugal conta ainda com uma programação variada, a nível comercial, cultural, académico e gastronómico, que visa aproximar as comunidades uruguaia e portuguesa.

O Uruguai ocupa o primeiro lugar entre os Estados latino-americanos nos rankings relativos ao Estado de Direito, solidez das instituições democráticas e baixa corrupção e o segundo lugar em termos de liberdade económica. Com 3,4 milhões de habitantes, apostou num modelo de crescimento por via da estabilidade política e social, bem como na melhoria contínua do seu ambiente de negócios (comprovando-o a existência atual de lado 12 Zonas Francas, onde operam já mais de 800 empresas estrangeiras), tendo nos últimos 4 anos registado um crescimento sólido de 3% a 4% no PIB.

Para mais informações sobre os termos de participação nesta iniciativa consulte o site da Fundação AIP.