Educação foi Tema de Encontro Latino-americano no Porto

Etiquetas: , , , ,
___________________________________________________________________________________

Realizou-se nos dias 13 e 14 de outubro, na cidade do Porto, o III Seminário “Taller de la Red de Responsables de Innovación Educativa con uso TIC en América Latina y el Caribe”, promovido pela Organização dos Estados Americanos-OEA / Virtual Educa. A Casa da América Latina (CAL) associou-se a esta importante iniciativa, que contou com a participação dos embaixadores do México, Colômbia, Uruguai, Peru e diplomatas da Republica Dominicana e Argentina em Portugal.

Participaram no evento representantes de dezassete países latino-americanos, empresários e dirigentes da administração pública para as políticas de Educação/ ICT de cada país da região. Este encontro, que em 2015 se tinha realizado em Washington, teve como convidados especiais a Google e a INTEL, e a JP Inspiring Knowledge (associado da CAL) como anfitrião.

No âmbito deste seminário celebrou-se ainda o acordo para realizar o Encontro Virtual Educa Chile durante o 2º semestre de 2017, conjuntamente com ENLACES, Centro de Educação e Tecnologia, do Ministério de Educação do Chile.

Os embaixadores e restantes participantes do encontro visitaram as instalações da JP-IK, onde se montam computadores e definem conteúdos de alguns programas educativos presentes nos seus países. De seguida visitaram uma Escola Popup, projeto já implementado em muitos países da região. “Um extraordinário projeto, que brevemente se estenderá a mais países do Caribe através da rede de ‘iLife Skills Centers’, que faz parte da iniciativa Inter-conectividade no Caribe”, explicou José Maria Anton, secretário-geral de Virtual Educa.

A jornada de trabalho terminou com uma reunião entre os diplomatas latino-americanos, Nelida Sifuentes, senadora da Bolívia, dirigentes da CAL, João Paulo e Jorge Sá Couto, administradores da JP-IK, e sua equipa, num ‘road-show’ pelos programas implementados pela empresa nos respetivos países, com especial enfoque nos projetos no México, onde a JP-IK produz, com uma grande empresa mexicana, 30 mil computadores por dia, num total de 1 milhão em 4 meses; e na Bolívia, onde a JP-IK está a construir uma fábrica com 14 mil metros quadrados, a maior na América Latina, onde trabalharão 600 pessoas por turno.

“Trata-se de um trabalho intenso de cooperação com o Ministério de Educação do meu país. A transferência de saber entre portugueses e bolivianos é uma dos maiores legados deste projeto”, referiu a senadora. “Estamos presentes nos cinco continentes, com operações em 60 países, com a educação como a nossa paixão, o nosso foco. A JP – Inspiring Knowledge é um projeto em crescimento constante e o lema inicial mantêm-se, promover o progresso humano através da tecnologia. A América Latina tem sido umas das principais regiões de trabalho, quase a nossa segunda casa. E não nos damos por satisfeitos. Continuamos a apostar forte na região”, afirmou Jorge Sá Couto.

“Quando me desloquei ao Porto, e sei que também posso falar em nome dos outros embaixadores e diplomatas, estava longe de imaginar que me esperava uma tão importante delegação do meu país e um tal investimento efetuado pela JP que, tal como diz o nome, nos inspira pelo conhecimento. Comungo da mesma paixão pela educação e estou convicto que esse é efetivamente o maior legado que deixamos às futuras gerações e pode fazer toda a diferença na vida de uma criança, mexicana, boliviana, uruguaia ou portuguesa. Os empresários portugueses são uns verdadeiros heróis. Parabéns pelo vosso trabalho que queremos continuar a acompanhar e incentivamos-vos a continuar”, referiu Alfredo Pérez Bravo, embaixador do México em Portugal.

Galeria de Fotografias