CAL apresenta 5ª Festa de Poesia Latino-Americana no CCB

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

19 de março
14h30
Centro Cultural de Belém (CCB)
Programa Completo

O Dia Mundial da Poesia é celebrado no próximo dia 19 de março numa iniciativa conjunta do Plano Nacional de Leitura (PNL) e Centro Cultural de Belém (CCB). Diversos espaços do CCB serão animados por leituras de obras de poetas portugueses, por conferências e espetáculos. O público poderá também adquirir obras dos seus poetas favoritos na feira do livro de poesia.

A Casa da América Latina (CAL) vai assegurar uma programação própria ao longo da tarde de sábado. A 5ª Festa de Poesia Latino-Americana, aborda temas como a edição, a tradução, os autores e impulsionadores da poesia latino-americana.

Horacio Benavides é o poeta convidado, um dos nomes maiores da poesia colombiana. Com uma carreira de quase quatro décadas, Benavides destaca-se pelo minimalismo, as palavras simples e versos curtos num exercício poético aproximado à pintura.

A conversa “Editar a poesia da América Latina: um desafio?” conta com a participação de Jorge Reis-Sá (editor da Glaciar) e Helena Vieira (Mariposa Azual), tendo por objetivo lançar o debate sobre os principais desafios de editar novos poetas da América Latina.

Manuela Júdice apresenta a obra Escribiré en el piano – 101 poemas portugueses, organizada pela Casa da América Latina. Com selo da espanhola Editorial Pre-Textos, a selecção de poemas da antologia bilingue esteve a cargo de Manuela Júdice e Jerónimo Pizarro, que assina a tradução com Nicolás Barbosa Lopez. Escribiré en el piano reúne 101 poemas portugueses escritos entre o século XII e o século XX, que serão lidos por Raquel Marinho e Filipa Leal.

A programação da CAL inclui ainda uma homenagem a Ida Vitale – vencedora do Prémio Reina Sofia 2015. Sandra Ramirez, Debora Merali, Isabel Araújo Branco e Lauren Mendinueta darão voz aos poemas da poeta uruguaia. O poeta brasileiro Manoel de Barros será também homenageado com a projeção do filme “Só dez por cento é mentira”.