Programa cultural para o mês de setembro

Etiquetas: , , , , ,
___________________________________________________________________________________

Como todos os que se encontram condicionados pela pandemia da COVID-19, a Casa da América Latina continua a reinventar a forma como divulga a cultura dos países da América Latina, orientando-se nesta nova fase para conteúdos acessíveis online, ou conteúdos presenciais que assegurem todas as condições de segurança.

Poderá aceder a vários tipos de manifestações artísticas e culturais da América Latina, para apreciar e descobrir a diversidade e riqueza da sua música, cinema, artes cénicas, literatura, imagens, sons e artes visuais, todo o património que a define e projeta para o mundo.

Aproveite os museus e galerias, espetáculos e participe no debate de ideias.

Partilhe com a sua família e amigos a experiência da cultura latino-americana.


5 a 11 de setembro

CINEMA

Um Animal Amarelo, Felipe Bragança

O IndieLisboa Festival Internacional de Cinema mostra essencialmente obras que se encontram fora do radar da regular circulação de filmes, moldada pela produção e exibição dominantes.

5 Setembro 2020 – 21:30 – Culturgest – Grande Auditório
Um Animal Amarelo
Felipe Bragança, Brasil/Portugal/Moçambique, fic., 2020, 114’

A 5ª longa metragem de Felipe Bragança (Tragam-me a Cabeça de Carmen M., co-realizado com Catarina Wallenstein, IndieLisboa 2019) procura perceber que arte é possível a partir dos fantasmas contraditórios que assombram a identidade brasileira. Co-produzido pela produtora Som e a Fúria, e com a colaboração de João Nicolau no argumento, o filme acompanha Fernando, um falido cineasta brasileiro, e a viagem de aventuras e milagres em busca de suas memórias

MÚSICA

Rainhas do Autoengano

8 de setembro às 20:30 – 22:30

Natalia Green (voz e guitarra), Zoe Dorey (voz, guitarra e fliscorne), Madalena Palmeirim (voz e cavaquinho)

Era quase primavera quando Zoe Dorey, brasileira recém-chegada a Portugal, resolveu convidar duas amigas novas para um jantar em sua casa: Madalena Palmerim, portuguesa, e Natalia Green, nascida no Brasil mas criada em Itália – ambas cantoras, compositoras e multi-instrumentistas.

As duas não se conheciam e as três nunca pensariam em fazer uma banda não fosse a naturalidade com que no primeiro encontro nasceu a música “Eu jurei”. Desse dia em diante nunca mais se largaram.

As Rainhas do Autoengano têm em comum o amor romântico e as desilusões inevitáveis de mulheres que amam demais.

SALA PROVADOR
Abertura de Portas 19:30H
Entrada: 7€
Reservas: reservas@lapo.pt
M/16
Lotação da sala: 40 pessoas

TEATRO

Tragicomedia del Ande

A aclamada produção volta às telas do Teatroamil.tv em que o Tryo Teatro Banda, uma das companhias fundamentais do atual teatro chileno, encena um dos episódios mais delirantes da conquista da América para relacioná-lo com a música, o histrionismo e o humor.

Disponível a 4, 5 e 6 de setembro.

LITERATURA

Hay Festival Digital Querétaro 2020

Bem-vindo ao Hay Festival Digital Querétaro 2020! 

Uma edição muito especial em que vibraremos desde as nossas casas com um festival com grandes convidados. Vamos imaginar o mundo de 2 a 7 de setembro. Todos os eventos serão gratuitos.

ARTE

Museu do Amanhã

O Museu do Amanhã é um museu de ciências diferente. Um ambiente de ideias, explorações e perguntas sobre a época de grandes mudanças em que vivemos e os diferentes caminhos que se abrem para o futuro. O Amanhã não é uma data no calendário, não é um lugar aonde vamos chegar. É uma construção da qual participamos todos, como pessoas, cidadãos, membros da espécie humana.

E porquê um Museu do Amanhã? Porque vivemos numa nova era, em que o conjunto da atividade humana se tornou uma força de alcance planetário. Somos capazes de intervir na escala de moléculas e de continentes. Manejamos átomos e criamos microrganismos artificiais. Desviamos o curso de grandes rios, alteramos florestas, influenciamos a atmosfera, transformamos o clima. Habitamos um planeta que vem sendo profundamente modificado por nossas ações. Que amanhãs serão gerados a partir de nossas próprias escolhas?


12 a 18 de setembro

CINEMA

MOTELX – La Llorona

O MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa promove o melhor do terror nacional e internacional.

Ao longo dos anos, tem conquistado um posicionamento relevante dentro dos festivais de cinema de género, tornando-se num dos eventos culturais mais esperados e destacados do ano em Lisboa.

“La Llorona”
Um filme de Jayro Bustamante (Guatemala)

11 Setembro às 18h20
Cinema São Jorge
Sala Manoel de Oliveira

Enrique Monteverde, um general acusado de genocídio na Guatemala é absolvido em julgamento, deixando o povo revoltado. É então que o espírito de La Llorona surge vagueando entre os vivos, para concretizar a vingança que o julgamento não conseguiu fazer.
Uma história de terror e fantasia, que parte do conto do folclore da América Latina “A mulher que chora” para criar uma metáfora urgente da história recente da Guatemala e das suas feridas políticas que ainda não sararam. “La LLorona” estreou nos Venice Days do Festival de Veneza de 2019 e esteve nas últimas edições do Festival de Toronto e de Sundance.

MÚSICA

Jorge Drexler e La Virtual

Quando o cantor e compositor uruguaio e Embaixador Ibero-americano da Cultura, Jorge Drexler, foi convidado a fazer uma gravação com as crianças e jovens de La Virtual, a Orquestra Virtual Ibero-americana, não só ficou muito feliz como a viu como uma grande oportunidade de construir pontes na região através da música.

“A pandemia ensimesmou-nos na realidade dos nossos países”, reflete Drexler. “Este convite pareceu-me uma oportunidade maravilhosa de construirmos  juntos uma ponte para além das fronteiras nacionais, entre um grupo de jovens dos 12 países ibero-americanos que o compõem”.A ação foi planeada no contexto da celebração do primeiro Dia Ibero-americano, em 19 de julho, com a interpretação conjunta da conhecida canção “Al otro lado del río”, com a qual Drexler conquistou o Oscar em 2005.

TEATRO

Bandurria

La Tarumba, companhia peruana de circo, teatro e música, apresenta Bandurria, espetáculo dirigido por Fernando Zevallos, que funde a fantasia do Peru com a magia do circo numa celebração de culturas. 

Bandurria é uma mistura de cores, regiões, ritmos, sabores e emoções: uma celebração das origens.

LITERATURA

Clube de leitura: Ler a América Latina

O Memorial da América Latina lança, no dia 19 de setembro, uma nova atividade online: o clube de leitura Ler a América Latina. Neste primeiro módulo estão previstos debates sobre Machado de Assis, Julio Cortázar, João Rio e Horacio Quiroga.

Com o objetivo de fomentar a leitura e a discussão sobre a literatura latino-americana, o clube terá quatro encontros, aos sábados, com curadoria da equipe da Biblioteca Latino-Americana, todos realizados por meio da plataforma Google Meet, sempre das 10h às 11h30. Todos os contos selecionados para o projeto estarão disponíveis para download.

O tema do primeiro encontro é Literatura Fantástica, em que será discutido o conto “A chinela turca”, de Machado de Assis. Publicado pela primeira vez no jornal A Época, em 1875, foi incluído na coletânea Papéis Avulsos, em 1882. O conto apresenta a história do bacharel Duarte que, ao se preparar para ir a um baile com Cecília, recebe a visita do major Lopo Alves, disposto a ler para ele um livro de 180 páginas.

ARTE

Estúdio de Diego Rivera

O Museu de Estudos Diego rivera e Frida Kahlo é composto por 3 casas de estudos, um laboratório fotográfico e uma garagem.

Faça uma visita virtual.


19 a 25 de setembro

CINEMA

Queer Lisboa

O Queer Lisboa é o único festival de cinema nacional com o propósito específico de exibir filmes de temática gay, lésbica, bissexual, transgénero, transsexual, intersexo e de outras sexualidades e identidades não-normativas, num género cunhado internacionalmente como “Cinema Queer”.

Los Fuertes
Um filme de Omar Zuñiga (Chile)

Lucas viaja para visitar sua irmã, numa cidade remota no sul do Chile. De frente para o mar e para a névoa, conhece Antonio, contramestre de um barco pesqueiro local. Quando um intenso romance surge entre eles, a sua força, a sua independência e a sua idade adulta tornam-se inamovíveis perante a maré.

▬ 20 Setembro às 16:00, Cinema São Jorge (Sala Manoel de Oliveira)

Las Mil y Una
Um filme de Clarisa Navas (Argentina)

Uma produção argentina dirigida por Clarisa Navas que foi muito bem recebida na seção Panorama da última Berlinale. A ficção gira em torno de duas jovens que se apaixonam e desde então têm que enfrentar os seus próprios preconceitos e os dos outros. 

▬ 20 Setembro às 22:00, Cinema São Jorge (Sala Manoel de Oliveira)

El Cazador
Um filme de Marco Berger (Argentina)

Um jovem de 15 anos ardendo de desejo de fazer sexo com outro homem vê-se envolvido numa trama pornográfica de manipulação e exploração.

▬ 24 Setembro às 22:00, Cinema São Jorge (Sala Manoel de Oliveira)

MÚSICA

Martín Sued e Ariel Rodríguez

Sábado, 19 de setembro às 21:00
AveNew Lisboa

Martín Sued e Ariel Rodriguez são dois exímios músicos argentinos radicados em Lisboa que nos presenteiam com este encontro onde partilham, através de músicas autorais, as suas inspirações e influências com raízes no tango e na música popular da Argentina.

TEATRO

Hija de un Revolucionario Cubano

Uma história familiar ligada aos processos políticos e sociais de um país. A dramaturga e atriz cubana Marissa Chibás cria este monólogo centrado em três figuras de sua vida: o seu pai, Raúl Chibás, co-autor do manifesto da revolução cubana com Fidel Castro; o seu tio, Eddy Chibás, que era o favorito à presidência cubana em 1951 antes de cometer suicídio durante uma transmissão de rádio ao vivo; e a sua mãe, Dalia Chibás, candidata à Miss Cuba em 1959.

LITERATURA

O homem que não queria ser Gabriel García Márquez

O jornalista e escritor Eligio García, irmão do Nobel colombiano, passou a vida a esconder publicamente o seu laço familiar. Só queria ser ele mesmo, sem viver à sombra do irmão famoso. Conheça a sua história.

ARTE

José Guadalupe Posada

Foi considerado por Diego Rivera como o protótipo do artista do povo e seu defensor mais aguerrido. Também é considerado precursor do movimento chicano de artes plásticas. Célebre pelos seus desenhos e gravuras sobre a morte. Apaixonado pela caricatura política. Desenvolveu novas técnicas de impressão. Trabalhou e fundou periódicos importantes. Consolidou a festa do dia dos mortos, por suas interpretações da vida quotidiana e atitudes do mexicano por meio de caveiras atuando como gente comum.


26 de setembro a 2 de outubro

CINEMA

Ricardo Darín em casa

15 filmes com o ator argentino para desfrutar no streaming.

Entre blockbusters importados e comédias nacionais, Ricardo Darín também é uma das razões para ir ao cinema.

É possível relembrar momentos memoráveis da carreira de Darín, desde os sucessos no início dos anos 2000 (como “Nove Rainhas” e “O Filho da Noiva”) até lançamentos mais recentes (como “A Odisseia dos Tontos”), passando pelo Oscarizado “O Segredo dos Seus Olhos”. 

MÚSICA

Festival Lisboa Soa

Em 2020, o Festival Lisboa Soa está de regresso e terá lugar em diferentes espaços da cidade. Acontece no âmbito da Lisboa Capital Verde Europeia e propõe uma (re)descoberta da cidade pelos ouvidos, num ano particularmente marcado pelo silenciamento forçado das nossas cidades, em que a escuta ganhou novos horizontes.

PROGRAMA ONLINE
26 setembro às 11h30
DEEP LISTENING
ONLINE WORKSHOP
Ximena Alarcon (Colômbia)

A prática de Deep Listening® desenvolvida por Pauline Oliveros, IONE e Heloise Gold, convida-nos a expandir a nossa consciência do som e como ele viaja através do tempo e do espaço, em lugares próximos e distantes. Através de meditações sonoras, exercícios de energia corporal,escutando o mundo dos sonhos e incorporando a Internet como meio de expansão da nossa presença, os participantes praticarão formas de ouvir num presente partilhado.

TEATRO

Cinema Utoppia

Uma obra decisiva na renovação do teatro chileno dos anos 80, que documenta poeticamente a resistência cultural à ditadura com um tratamento inovador do espaço cénico, baseado no princípio da profundidade de campo que divide a ação em três planos. Esta obra foi reencenada para a celebração dos 200 anos do teatro chileno em Santiago a Mil 2010.

LITERATURA

Vargas Llosa regressa à temática latino-americana no novo livro “Tempos Duros”

Uma das novidades editoriais lançadas pelo grupo editorial português Bertrand Círculo é “Tempos Duros”, o regresso de Mario Vargas Llosa aos temas latino-americanos, a sair em ainda este mês pela Quetzal.

“Tempos Duros” é apresentado pela Quetzal como “um ‘thriller’ histórico e político ambientado na Guatemala, em 1954, quando o golpe militar encabeçado por Carlos Castillo Armas, e apoiado pelos Estados Unidos através da CIA, provocou a queda do Governo reformista de Jacobo Árbenz”.

Outro título ambientado na América Latina é “Na Planície das Serpentes”, de Paul Theroux, que apresenta o México como “a terra de todas as aventuras e de todos os sonhos, um país grandioso e cheio de história, que fascina várias gerações”.

ARTE

Museo Arqueológico MUSA

O MUSA abriga a maior e mais diversa coleção de peças cerâmicas pré-colombianas da Colômbia, expostas nas suas sedes em Bogotá e Cali.

Devido ao tamanho do acervo, bem como pela sua vasta gama cultural, geográfica e cronológica, o museu é considerado um dos mais importantes guardiões da cultura material pré-hispânica do país. É também um espaço vital que convida ao estudo, admiração e cuidado do património cultural dos colombianos.