Apresentação do livro “Deuses em Cena” – A teatralização das danças religiosas de origem africana em Cuba

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

11 de julho
17h30
Casa da América Latina
Entrada livre

A autora Francesca Negro, investigadora do Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, apresenta-nos um estudo sobre a evolução das danças de origem africana de carácter religioso em Cuba, nos seus momentos distintivos: o ritual, o teatral e o pedagógico.

Ao repercorrer a história de Cuba na passagem da época pré e pós-revolucionária, este livro pretende descrever o processo de transmissão e teatralização que contribuiu para a preservação da cultura africana ao longo do tempo no país, esclarecendo também as circunstâncias da criação da técnica de dança cubana, e identificando os elementos que têm confluído na sua composição.

Este livro cruza, portanto, o estudo da dança com o da cultura afrodescendente, trazendo-as para o território dos estudos comparatistas, em que se encontra uma perspectiva epistemológica que permite colocar perguntas inovadoras dentro do amplo domínio das artes e das humanidades.

À apresentação do livro juntar-se-á uma performance dos bailarinos Máximo Zequeira e Jorge Cipriano.

Professor de dança a viver em Portugal desde 2004 e tendo já participado em vários projetos desde que cá se estabeleceu, Máximo Zequeira fez formação profissional na Escola de Artes de Cuba, especializou-se em Dança Moderna, Contemporânea e Folclore, obtendo o Diploma de Bailarino Profissional de Espetáculos Musicais.

Formado em Dança Moderna e Afro Contemporânea pela Escola da Fundação Balé Folclórico da Bahia (Brasil), Jorge Cipriano trabalhou em Hamburgo e Londres, onde foi bailarino num dos maiores shows da Disney, The Lion King. O seu vocabulário é uma releitura das danças tradicionais do Oeste Africano e das danças Afro Baianas com influência das técnicas de dança moderna, especificamente de Lester Horton, Martha Graham e José Limón.

Em 2018 apresentou em Lisboa, o espectáculo músico-teatral de sua autoria Igbadú, o céu e a terra, baseado na história Iorubá da criação do mundo.