Programa de atividades da 32ª edição da Feira Internacional do Livro de Guadalajara

Etiquetas: , , , , ,
___________________________________________________________________________________

A pouco mais de um mês de se iniciar a 32ª edição da Feira Internacional do Livro de Guadalajara, no dia 3 de outubro foi anunciado o programa de atividades que marcará a presença de Portugal na FIL 2018. Manuela Júdice, Secretária-Geral da Casa da América Latina e comissária da participação portuguesa na FIL, Raúl Padilla López e Marisol Schulz, Diretor e Diretora-Geral da FIL, apresentaram a programação.

De 24 de novembro a 2 de dezembro, Portugal – Convidado de Honra desta edição – far-se-á representar por uma delegação constituída por mais de 40 autores, num evento que receberá, segundo o divulgado na apresentação do programa, mais de 2000 editores e 800 autores de todo o mundo, naquele que será um ponto de convergência entre a cultura, o pensamento e a ciência.

“154 anos após o início das relações diplomáticas entre os nossos países, cumpriremos um dos nossos maiores desejos, contar com a presença de Portugal e da sua cultura como país Convidado de Honra da Feira do Livro”, disse Raúl Padilla.

António Lobo Antunes, Raúl Zurita, Nuno Júdice, Leila Guerriero, Mia Couto, Claudia Piñeiro, Laura Restrepo, Alberto Barrera Tyszka, Charles Simic, Cristina Rivera Garza, Enrique Florescano, Gioconda Belli, Leonardo Padura, Lídia Jorge, Marissa Meyer, Luisa Valenzuela, Shimon Adaf e Viveca Sten são alguns dos nomes que marcarão presença na terceira cidade mais populosa do México. Alguns destes autores farão lançamentos de livros no decorrer da feira. São eles Adélia Carvalho, Inês Fonseca Santos, Ricardo Araújo Pereira, Manuel Alegre, Gonçalo M. Tavares, José Eduardo Agualusa e João Tordo.

Ainda dentro do programa literário, destaque para a prometida alusão ao Prémio Nobel da Literatura José Saramago, numa mesa denominada El viaje de la conciencia, em que participarão Lydia Cacho, Herman Bellinghausen, Pilar del Río e Sealtiel Alatriste.

O programa musical da participação portuguesa na FIL Guadalajara decorrerá dentro e fora do recinto da Expo. No interior, uma tenda com capacidade para mais de 1500 espetadores, será o palco para os músicos portugueses. Espetáculos musicais diários, ao longo dos 9 dias da feira, com Ana Bacalhau, Gil do Carmo, Amor Electro, Camané, Capicua, Dead Combo, Luís Represas, Moonspell e Káta Guerreiro. Alguns destes artistas farão espetáculos acompanhados por músicos mexicanos. Para além destes músicos, partciparão os cantores Lila Downs e Miguel Inzunza e os grupos musicais Hello Seahorse e Los Tapatos, com Paloma Del Rio, Ugo Rodriguez e Pascula Reyes.

O programa de cinema inclui uma mostra de 12 longas-metragens baseadas em livros de autores portugueses, em 3 sessões diárias, e também 7 curtas-metragens.

No programa de teatro serão apresentadas duas peças: By Heart, de Tiago Rodrigues, e Consentmmiento – A Perda do Paraíso, uma produção Cassefaz com João Grosso e Pedro Barbeitos.

A dança será representada pelo espetáculo “Lídia”, de Paulo Ribeiro, da Companhia Nacional de Bailado.

Por fim, haverá um espaço dedicado aos mais novos, de seu nome Fil Niños. Neste local, António Jorge Gonçalves, Ondjaki e Filipe Raposo apresentam o espetáculo Telhado do Mundo. As crianças são convidadas a desenharem-se a si próprias dentro da barriga de uma baleia e, recortando os seus desenhos, a construírem depois um grande painel marinho.

Durante esta edição, efectuar-se-ão homenagens pelos centenários de nomes como Juan José Arreola (que ficará a cargo de Fernando del Paso), José Luis Martínez e Alí Chumacero. Também se recordará o jornalista Huberto Batis e o escritor Sergio Pitol, falecidos este ano.

Nota também para a presença de Ida Vitale, uma das poetisas vivas mais importantes em língua espanhola e destacada em setembro no sítio da internet da Casa da América Latina, que receberá o Prémio FIL de Literatura em Línguas Românicas; do turco Orhan Pamuk, Prémio Nobel da Literatura, que abrirá o Salão Literário, onde irá receber a Medalha Carlos Fuentes, e de Mircea Cărtărescu, que recentemente ganhou o Prémio Formentor de las Letras.

A continuidade do pensamento político de Carlos Fuentes, 90 anos após o seu nascimento, será analisada numa mesa com a participação de Héctor Aguilar Camín, Federico Reyes Heroles, Sergio Ramírez, Silvia Lemus e Juan Cruz.

Para saber mais sobre o programa de actividades da FIL pode consultar https://www.fil.com.mx/