Mercedes Gancedo em concerto na CAL

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

7 de setembro
21h30
Casa da América Latina
Entrada: 7€

A Casa da América Latina acolhe o concerto da soprano argentina Mercedes Gancedo no dia 7 de setembro às 21h30.

Mechi (Mercedes Gancedo), como é conhecida pelos familiares e amigos, nasceu em Banfield, Buenos Aires, Argentina. Iniciou os estudos em guitarra e trompete, cantando jazz e musicais. Aos 13 anos, decidiu estudar canto com uma professora de canto lírico. Apaixonou-se por este género e, dois anos depois, participou no seu primeiro concurso: o Neue Stimmen.

A soprano argentina prosseguiu os seus estudos superiores de canto no I.S.A Teatro Colón de Buenos Aires e continuou a sua formação com os maestros Jaume Aragall, Eduard Giménez, Alicia Nafé, Teresa Berganza, Mirella Freni, Montserrat Caballé, Raquel Pierotti, Cecilia Bartoli, entre outros.

Estreou-se em 2008, no papel de Despina (Così fan tutte) no Teatro Roma de Buenos Aires. Também em Buenos Aires, cantou as óperas “The Fairy Queen” con Jeffrey Gall e interpretou Susanna (Le Nozze di Figaro). Um ano depois, em 2009, recebeu o prémio de Jovem Promessa Artística de Caráter Internacional por parte da Asociación de Críticos de la República Argentina.

Reside há sete anos em Barcelona, onde já interpretou Mariana (Das Liebesverbot) no Festival Castell de Peralada, Berta (Il Barbiere di Siviglia) no Teatro Campoamor de Oviedo e no Teatro Jovellanos de Gijón, Pamina (Die Zauberflöte) e Alisa (Lucia di Lammermoor) em AAOS (Barcelona). As suas últimas interpretações incluem Clarina (La Cambiale di Matrimonio) para a Òpera de Cambra de Barcelona, a sua estreia no papel de Micaela (Carmen) no Palau de la Musica Catalana de Barcelona, Kate Pinkerton (Madame Butterfly) no Festival Castell de Perelada, Condesa di Ceprano (Rigoletto), Giannetta (L’Elisir d’amore) no Gran Teatre del Liceo (Barcelona) e Zweite Dame (Die Zauberflöte) no Festival Castell Peralada. Também participa regularmente no género Lied em diversas salas de concertos como o Palau de la Música Catalana, L’Auditori, dentro do festival de LIFE Victoria e também em digressões para JJMM de España/Cataluña. Em breve, realizará a sua estreia no afamado festival de Lied Schubertíada de Vilabertran 2018.

A soprano já arrecadou diversos prémios em concursos, entre eles o 4º prémio pela sua juventude, com 18 anos, no concurso Competizione dell’ Opera (Dresden, Alemania), Emmerich Smola (Saarbrücken/Landau), uma bolsa de estudos da Diputación de Barcelona em Francisco Viñas, o 1º prémio no concurso CIM (Barcelona), o prémio a La Voz de más Porvenir no Concurso Internacional de Canto de Logroño, o 1º prémio no XXI Pòdiums de Musica de Cámara (Cataluña), o 1º prémio concurso XII Luis Mariano (Irún), o 3º prémio no concurso Pla Balaguer, o 1º prémio no concurso internacional Josep Palet e o 1º prémio e prémio de gravação de CD no concurso Primer Palau no Palau de la Música Catalana. Foi ainda finalista em concursos como Neue Stimmen, Montserrat Caballé, Klaudia Taev (Pärnu, Estonia), entre outros.

Recentemente, lançou o disco que a traz a Portugal, Cooking America!, em conjunto com a pianista Beatriz Gonzalez Miralles, com obras de Guastavino, Ginastera, Monsalvatge e Bernstein.