Setor Alimentar Peruano debate-se em Castelo Branco

Etiquetas: , , , , ,
___________________________________________________________________________________

A OCEX – Oficina Comercial do Peru em Portugal e a Associação Empresarial da Beira Baixa organizam, com o apoio da Casa da América Latina, InovCluster e Novo Banco, o seminário “Setor Alimentar Peruano: Nova Rota de Negócios”, no dia 15 de julho, pelas 10h30, a decorrer nas instalações da Associação Empresarial em Castelo Branco (Av. do Empresário. Praça do NERCAB).

O evento terá um enfoque especial ao sectores agroalimentar, agro-industria, distribuição, entre outros, sendo seguido de um almoço empresarial aberto a todos os setores de atividade.

Serão intervenientes nesta iniciativa José Gameiro, presidente da Associação Empresarial da Beira Baixa; Luís Correia, presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco; Cristina Valério, coordenadora empresarial da Casa da América Latina; Juan Luis Kuyeng, conselheiro comercial do Peru; e Cláudia Domingues, diretora do INOVCLUSTER.

O Perú é uma economia moderna e competitiva. Membro pleno da OCDE, este país situa-se, de acordo com o índice Doing Business and Forbes, entre os 10 países no mundo onde é mais fácil fazer negócios. O Perú tem um volume de exportações anuais de cerca 150 biliões de dólares aproximadamente e tem apresentado um superavit fiscal nos últimos anos. Com apenas 10% das suas reservas mineiras sob exploração, o Perú consegue ser um dos maiores exportadores mundiais de ouro, prata, cobre e zinco.

A exploração pesqueira e exportação de frutas, vegetais, grãos e produtos orgânicos são outras das suas marcas mundiais. A exportação de produtos de alta tecnologia representa cerca de 9% do total de produtos manufaturados. O Perú tem tratados de livre comércio celebrados com as 20 primeiras economias do mundo, incluindo a União Europeia.

Sujeita a inscrição.