Internacionalização da economia portuguesa destacada na NERLEI

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

A Casa da América Latina (CAL) participou no almoço-conferência promovido pela Associação Empresarial da Região de Leiria (NERLEI), com o secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, sob a temática “Importância da Indústria na Estratégia de Internacionalização da Economia Portuguesa”.

O evento realizado no passado dia 11 de fevereiro contou com a presença da Embaixada do Uruguai, da Câmara de Comércio Atlântico-Sul e de mais de 150 empresários.

João Vasconcelos salienta, naquela que foi a sua primeira intervenção pública em Leiria como secretário de Estado da Indústria, que o novo Governo quer “ajudar as empresas a crescer, reforçando a sua ambição global e apoiando-as no caminho para os mercados externos” e elogia o tecido empresarial da região “irrequieto e ambicioso, que soube crescer durante uma das maiores crises económicas dos últimos 100 anos”.
O secretário de Estado anunciou a assinatura, no mesmo dia, de um protocolo para promover a competitividade da região de Leiria e das suas empresas, promovendo a sua internacionalização e a atração de investimento direto estruturante, reafirmando a importância de autarquias, embaixadas ou entidades como a CAL como “principais parceiros na atração de investimento”.

João Vasconcelos destaca um novo conjunto de instrumentos financeiros dirigidos à capitalização de empresas que incluem “uma nova linha de crédito com garantia mutual até mil milhões de euros, uma linha de financiamento a operações de capital reversível até 80 milhões euros, uma linha de financiamento a fundos de capital de risco até 400 milhões euros e uma linha de financiamento a business angels até 66 milhões euros”.

“Estas linhas são inovadoras em termos nacionais e algumas até em termos europeus e estão focadas em permitir novas formas de financiamento mais inteligentes e capazes de trazer mais valor para além do capital investido”, afirma.