Conversas sobre o teatro na América Latina

Etiquetas: , , , , , , , , ,
___________________________________________________________________________________

15 de Abril, 20 de Maio, 17 de Junho e 1 de Julho de 2014
19h00
Salão Nobre do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa
Entrada livre

A Casa da América Latina, em parceria com o Teatro Nacional D. Maria II, apresenta um Ciclo de Conversas sobre Teatro na América Latina, com a presença de quatro destacadas personalidades latino-americanas, que falarão sobre a sua obra teatral. Este ciclo conta também com a participação de actores do Teatro Nacional D. Maria II, que interpretam alguns excertos das peças dos autores convidados.

A representação teatral tem uma longa história na América Latina, coincidindo com o início da sua colonização, nomeadamente através dos missionários, que se serviram das encenações para transmitir aos indígenas a mensagem evangélica. Ao longo dos séculos, o teatro continuou a ser uma significativa forma de criação e de transmissão de cultura popular, constituindo uma das mais relevantes expressões das culturas, das aspirações e das inquietações dos povos latino-americanos.

15 de Abril (terça-feira) às 19h00
Claudio Rivera (República Dominicana)

Claudio Rivera é licenciado em Artes Cénicas pelo Instituto Superior de Artes Cénicas de Havana, Cuba, e Mestre pela Universidade Autónoma de Santo Domingo. Foi fundador do grupo independente Teatro Guloya e do Colégio Dominicano de Artistas de Teatro. Tem uma longa experiência como intérprete e diretor teatral, professor de expressão corporal e de direção cénica. Tem participado em várias iniciativas na América Latina, nos Estados Unidos e na Europa.

Está também prevista uma segunda conversa com Claudio Rivera, no dia 22 de Abril às 12h00, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (sala 5.2). Rivera falará do seu percurso profissional, numa iniciativa do Centro de Estudos de Teatro da faculdade.

20 de Maio (terça-feira) às 19h00
Elmer Veckio Mendoza (México)

Formou-se em Poética e Metodologia da Actuação (Casa del Teatro de México). Foi director do grupo artístico Proyecto Ulises e obteve uma bolsa do Fundo Estatal para a Cultura e as Artes do México, na categoria de Jovens Criadores. Mora desde 2008 em Lisboa, cidade onde desenvolveu projectos como o musical Tokingcratsh e o grupo artístico La Catrina. Deu aulas de teatro no Espaço Evoé – Centro de Formação de Actores.

17 de Junho (terça-feira) às 19h00
Mariana de Althaus (Peru)

Mariana de Althaus estudou Literatura na Pontifícia Universidade Católica de Lima e participou em oficinas de dramaturgia e direção de cena. Escreveu e dirigiu dez peças de teatro, escreveu ainda mais quatro obras teatrais e é co-autora de outras três. Em 2010 ganhou o 1º Prémio do Concurso de Dramaturgia do Centro Cultural Britânico de Lima e em 2012 publicou o livro Dramas de Família, que reúne três peças de teatro suas.

1 de Julho (terça-feira) às 19h00
Juan Radrigán (Chile)

Juan Radrigán é um dramaturgo autodidata e autor de 42 obras de teatro. Radrigán distingue-se no Chile por ser o primeiro dramaturgo a converter marginalizados sociais em personagens principais nas peças de teatro. Prescinde de grandes encenações, montando-as em espaços populares. Recebeu diversos prémios no Chile como autor teatral e participou, entre outros, nos festivais de teatro de La Paz, na Costa Rica, e de Nancy, em França, como convidado especial. É considerado um dos principais dramaturgos vivos do Chile e da América Latina.