Encontro com Walcyr Monteiro na Ler Devagar

Etiquetas: , , , , , ,
___________________________________________________________________________________

Na Livraria Ler Devagar, na terça-feira passada (22 de Outubro de 2013), no âmbito do ciclo Leituras Internacionais em Lisboa.conversámos sobre memória, folclore e cultura amazónica com o escritor brasileiro Walcyr Monteiro r

Jornalista e antropólogo de formação e prática, Walcyr move-se pela preservação da memória e o registo da história oral da região norte do Brasil, sem a qual não é possível compreender a cultura amazónica. Mitos e lendas populares são transportados em livros pela escrita de Walcyr Monteiro, considerado hoje um dos mais expressivos escritores amazónicos.

O alcance da sua obra vai além dos livros. Viagens e Assombrações de Belém, por exemplo, foi utilizado como base para produção do roteiro da longa-metragem Lendas Amazônicas (1998) e da curta-metragem Visagem (2006). O livro é uma compilação de contos fantásticos e de histórias sobrenaturais que povoam o imaginário amazónico e especialmente da região metropolitana de Belém, capital do Estado do Pará. São histórias contadas por moradores ao autor do livro e que mexem com o imaginário popular (publicação Cromos, Editora Artesanal).

Walcyr valoriza as diferentes raízes que compõem a cultura da região. Como no  livro Histórias Japonesas Contadas na Amazónia, edição bilingue especial pelos 80 anos da imigração japonesa na Amazónia, em que às raízes indígenas se somam as japonesas.

Walcyr Monteiro é actualmente presidente do Centro Paraense de Estudos do Folclore e secretário do Instituto Histórico-Geográfico do Pará.