Colômbia ratifica acordo de paz após 52 anos de conflito

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

O governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) ratificaram, a 26 de setembro, o acordo final de paz no Centro de Convenções de Cartagena, após mais de meio século de conflito armado. Este ato será referendado a 2 de outubro.

Após a assinatura do histórico acordo de paz, por parte do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, e o número um das FARC, Rodrigo Londoño Echeverri, a União Europeia anunciou a remoção temporária da guerrilha da sua lista de terrorismo e a consequente suspensão das sanções económicas em vigor desde 2002, aquando da inclusão das FARC na lista. Esta suspensão será reavaliada no prazo de seis meses.

Segundo a chefe da diplomacia europeia, a suspensão das FARC da lista permitirá que a União Europeia apoie o programa pós-conflito. “Estamos prestes a lançar um pacote de ajuda, incluindo um fundo de 600 milhões de euros, com a contribuição ativa de vários Estados-membros”, afirmou Federica Mogherini.