Ida Vitale vence Prémio Reina Sofia de Poesia

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

A poetisa uruguaia Ida Vitale é a vencedora do 24º Prémio Reina Sofia de Poesia Ibero-Americana.

Nascida em Montevidéu em Novembro de 1923, Ida Vitale assinou mais de 30 obras, que se dividem entre 21 livros e 14 ensaios. Apontada pela crítica como uma autora sensorial e simbolista, destacou-se ao lado de Juan Carlos Onetti e Mario Bendetti no movimento literário que ficaria conhecido como Geração de 45.

Há já vários anos que Ida Vitale era apontada como uma das favoritas a vencer o prémio. “Sabia que o meu nome estava entre os candidatos há anos. A minha nomeação até já era uma espécie de brincadeira em Espanha”, gracejou a poetisa na hora do anúncio do vencedor.

A atribuição do prémio Reina Sofia vai valer a Ida Vitale a edição de uma antologia dos seus poemas (que fará parte do património espanhol), bem como uma série de seminários a realizar em universidades espanholas.

O Prémio Reina Sofia é concedido todos os anos a um autor de poesia ibero-americana e pode ser atribuído a autores lusófonos pela sua importância para a cultura ibérica.