Maria Odila Dias fala das escravas bantu no Brasil

Etiquetas: ,
___________________________________________________________________________________

Maria Odila Leite da Silva Dias
(Universidade de São Paulo / Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Sobrevivência e quotidiano: escravas bantu no Sudeste do Brasil (1830-1900)

9 de Outubro de 2012 – 18:00h – FCSH – Auditório I (Torre B, Piso 1)

Apresentação
Nascido em São João de Ipanema, actual Sorocaba (estado de São Paulo), em 1816, Francisco Adolpho de Varnhagen fez os estudos primários no Rio de Janeiro, vendo-se depois enviado para Portugal, onde frequentou o Real Colégio da Luz (1825-1832) e a Academia da Marinha (1832-1833). “Notícia do Brasil” (1838), seu primeiro trabalho de história, valeu-lhe o reconhecimento da Academia das Ciências de Lisboa. Fez-se sócio do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro em 1840. Pouco mais tarde, retornou à Europa, com o encargo de localizar e transcrever documentos relativos à história do Brasil. Suas espantosas qualidades pessoais abriram-lhe caminho a uma longa série de missões eruditas e diplomáticas. Na década de 1850, publicou os dois grossos volumes da História Geral do Brasil. Interessou-se por cartografia, filologia e literatura. Polemizou, entre outros, com João Francisco Lisboa, José Inácio de Abreu e Lima, Peter Marinus Netscher e o 2º Visconde de Santarém. O seu estudo sobre Vespúcio (1858) valeu-lhe renome internacional. Morreu em Viena, em 1878, com a distinção de Visconde de Porto Seguro.

A Conferência Francisco Adolpho de Varnhagen ocorre por altura do início do ano lectivo da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É uma sessão especial do Seminário Permanente de História do Brasil do Centro de História de Além-Mar, sob o patrocínio da Embaixada do Brasil em Lisboa.

Organização:
CHAM – Centro de História de Além-Mar, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Universidade dos Açores
http://www.cham.fcsh.unl.pt

Patrocínio:
Embaixada do Brasil

Apoios:
CESNOVA, CHC, CRIA, IELT, IEM e IHC e FCT