Poeta espanhol Luis García Montero vence Prémio Internacional Carlos Fuentes 2024

Etiquetas:
___________________________________________________________________________________

O anúncio foi feito pelo Ministério da Cultura e pela Universidade Nacional Autónoma do México: o poeta Luis García Montero é o vencedor do Prémio Internacional Carlos Fuentes 2024 de criação literária em língua espanhola.

O júri, composto pelos escritores Beatriz Espejo, Rosa Montero, Élmer Mendoza, Fernando Fernández e Elena Poniatowska, decidiu por maioria atribuir o prémio ao autor pela sua “extensa carreira e contribuições à literatura em língua espanhola como poeta e ensaísta”.

Luis García Montero nasceu em Granada, em 1958. Escritor, poeta e crítico, é professor de Literatura Espanhola na universidade da sua cidade natal e dirige o Instituto Cervantes desde 2018.

O prémio, fundado em 2012 em memória do escritor mexicano Carlos Fuentes, comporta o equivalente a 125 mil dólares, um diploma e uma escultura desenhada pelo artista visual Vicente Rojo.

Luis García Montero torna-se a oitava pessoa a ganhar esta distinção, depois de Mario Vargas Llosa (2012), Sergio Ramírez (2014), Eduardo Lizalde (2016), Luis Goytisolo (2018), Luisa Valenzuela (2019), Diamela Eltit (2020), Margo Glantz ( 2022) e Elena Poniatowska (2023).

Luis García Montero está publicado em Portugal. Deixamos-lhe um poema de sua autoria, do livro As Lições da Intimidade, tradução de Nuno Júdice, edição Abysmo.

 

Não sei como dizer-te

que sou mais teu quando sou do mundo,

porque a tua letra tem

essa cor do céu já entrado em Setembro,

e a tinta é um dia com vontade de chuva,

a recordação caindo como numa janela,

horas na tua cidade, passeios e lugares,

água que justifica a minha mesa de trabalho,

ao tombar sobre ela num envelope tranquilo,

num envelope fechado

como fechas os olhos quando adormeces.

E sou do mundo quando sou mais teu,

pela mesma razão que os dias de chuva

nos devolvem palavras de família

e o odor da terra.

Partilhe: