Web Summit: Chile apresenta-se num dos eventos mais relevantes a nível mundial em inovação, empreendedorismo e tecnologia

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

O posicionamento do ecossistema de inovação chileno na Europa tem sido um dos principais focos da ProChile para 2021, e para isso tem trabalhado para oferecer às startups acesso preferencial às principais plataformas e eventos de inovação e empreendedorismo do continente.

Assim, marcando um novo marco, o Chile esteve presente numa das maiores conferências tecnológicas da Europa, a Web Summit, que no ano passado permaneceu atrás do ecrã devido à pandemia, regressando presencialmente este 1 de Novembro até 4 de Novembro em Lisboa.

De destacar que o Chile é um dos dois países latino-americanos que participaram na Web Summit, sendo o outro país o Brasil, o que suscitou grande interesse e surpresa positiva por parte dos participantes, da feira e dos vários parceiros.

“A Web Summit demonstrou ser uma plataforma importante para posicionar o Chile como fonte de soluções inovadoras, sendo o nosso país um pioneiro na América Latina juntamente com o Brasil. Ao mesmo tempo, o evento permitiu às empresas gerar redes de contacto com decisores do mundo empresarial e de investimento a nível mundial, que esperamos sejam de grande valor nos seus processos de expansão internacional”, disse a Representante Comercial e de Inovação da ProChile em Munique, Alemanha, Sofia del Sante.

Este importante evento contou com a participação de mais de 100.000 participantes de cerca de 150 países, com a participação de mais de 1.500 investidores, 2.500 startups e mais de 2.000 jornalistas. Entre os participantes destacados de 2019 estavam Google, Microsoft, Amazon, Siemens, Huawei, Mercedes-Benz, entre outros.

O evento apresentou espaços onde as empresas podiam aceder e realizar atividades tais como reuniões individuais, workshops, tutoria, palestras, eventos de networking e conteúdos em linha relacionados com a inovação em múltiplos setores.

Graças à ajuda da ProChile e da Embaixada do Chile em Portugal, 5 empresas chilenas participaram: Yoy, Omnix, Kauel, Fracttal, EnlightAid, que tiveram a oportunidade de interagir com múltiplos ecossistemas de inovação em todo o mundo, dando-lhes cobertura dentro de diferentes áreas geográficas.

“É a primeira vez que o Chile participa com um ponto de encontro e delegação de empresas na Web Summit e a sua presença tem sido recebida de forma muito positiva. Permitiu-nos gerar novas redes com atores chave do ecossistema europeu, que esperamos se materializem em novas colaborações que facilitem a expansão das empresas chilenas no mercado europeu”, disse o Diretor da ProChile em Espanha, Sebastián Pillado.

A Web Summit é um dos encontros mais relevantes a nível mundial nos campos da inovação, empreendedorismo e tecnologia. Nasceu em 2010 em Dublin e em 2016 mudou-se para Lisboa, onde planeia ficar pelo menos até 2028 após o acordo assinado com as autoridades portuguesas.

A sua última edição no local, em 2019, teve um impacto de 72 milhões de euros na procura interna da cidade.