Colômbia: três visões sobre a crise no país

Etiquetas:
___________________________________________________________________________________

Entenda as visões do governo colombiano, da oposição e do observatório de direitos humanos sobre os conflitos.

A situação na Colômbia não causou somente feridas profundas no país – com dezenas de mortos, confrontos e denúncias de violência –, mas também ultrapassou suas fronteiras, com manifestações massivas e, na sua maioria, pacíficas em diferentes países e com os olhos da comunidade internacional.
A crise deixa novas perguntas: o que começou como crítica a uma proposta de reforma tributária – prontamente revogada – do governo de Iván Duque, logo extravasou as tensões acumuladas pela população: a preocupação com a situação da pandemia, a desigualdade social e o debate sobre como as forças de segurança pública devem encarar manifestações.

A CNN ouviu três vozes de influência nesses temas: Diego Molano, ministro da defesa da Colômbia; Iván Cepeda, senador da oposição; e José Miguel Vivanco, diretor da Human Rights Watch – organização sem fins lucrativos que atua na vigilância dos direitos humanos mundialmente – para as Américas.

Notícia completa aqui: CNN Brasil