BEI assina acordo para Plano de Investimento da Cidade de Lisboa 2016-2020

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa e presidente da Comissão Executiva da Casa da América Latina, Fernando Medina, e o presidente do Banco Europeu de Investimento, Werner Hoyer, assinaram no dia 24 de outubro, um acordo para o Plano de Investimento da Cidade de Lisboa 2016-2020. A cerimónia, que decorreu no Pátio da Galé, contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa, e do comissário europeu Carlos Moedas.

Fernando Medina salientou a importância da assinatura deste contrato, denominado LxXXI, como um marco “de confiança que assinala o início da construção do futuro de Lisboa”. As verbas, no valor de 250 milhões de euros, permitirão financiar múltiplos projetos ao nível da regeneração urbana, infraestruturas, plano geral de drenagem de Lisboa, habitação social e intervenções ao nível da sustentabilidade ambiental, águas, resíduos sólidos e proteção de riscos. Lisboa é o primeiro município europeu com acesso ao Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE), designado por Plano Juncker.

Para Werner Hoyer, este tipo de financiamento é importante para que os cidadãos da União Europeia compreendam o apoio concreto do Banco Europeu de Investimento às suas vidas e atividades, apoio este que Carlos Moedas valoriza também no âmbito da colaboração entre a União Europeia e as cidades, na construção de um futuro melhor e mais inclusivo. “É com estes projetos que a Europa invisível se torna visível”, afirmou.

António Costa salientou que este é “um plano de investimentos ambicioso plenamente alinhado com os objetivos do governo”.