Livro do mês: “2666” de Roberto Bolaño

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

82-bol-doi

“Às vezes Juan de Dios Martínez punha-se a pensar em quão gostaria de saber mais coisas da vida da directora. Por exemplo, as suas amizades. Quem seriam os seus amigos? Ele não conhecia nenhum, só alguns empregados no centro psiquiátrico, a quem a directora tratava com amabilidade mas também mantendo as distâncias. Teria amigos? Ele supunha que sim, embora ela nunca falasse disso. Uma noite, depois de fazer amor, ele disse-lhe que queria saber mais coisas da sua vida. A directora disse-lhe que ele já sabia mais do que o suficiente. Juan de Dios Martínez não insistiu.” – pág. 487

“2666” de Roberto Bolaño