CAL apoia Jornadas Iberoamericanas de Arquivos Municipais

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

Data: de 1 a 3 de junho
Local: Fundação Calouste Gulbenkian (Avenida de Berna, 45 A)
Inscrições: de 2 a 22 de maio
Programa
Entrada livre

O Arquivo Municipal de Lisboa organiza, no âmbito das comemorações do Dia Mundial dos Arquivos, celebrado a 9 de junho, as Jornadas Iberoamericanas de Arquivos Municipais 2016. A iniciativa decorre entre 1 e 3 de junho na Fundação Calouste Gulbenkian, e tem por objetivo promover a partilha de experiências entre as várias instituições congéneres.

Subordinadas ao tema “Reinventando os Arquivos Municipais no Século XXI”, as jornadas contam com a participação de 16 instituições representadas por peritos portugueses, espanhóis e da América Latina. Entre os conferencistas sul-americanos contam-se Beatriz Kushnir, diretora-geral do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro (Brasil); Julio Alberto Parra Acosta, subdiretor do Sistema Distrital de Arquivos de Bogotá (Colômbia); e Mary Elizabeth Caleño, diretora metropolitana da Direção de Gestão Documental e Arquivos de Quito (Equador).

Entre as instituições nacionais marcam presença os arquivos municipais de Lisboa, Porto, Sines, Penafiel e Lourinhã. Os espanhóis são representados por Joaquim Borràs Gómez, diretor do Sistema de Arquivos do Município de Barcelona e Julio Cerdá Díaz, diretor do Archivo Municipal de Arganda del Rey.

O evento procura gerar o debate sobre a função estratégica e transversal dos arquivos contemporâneos nas organizações e os desafios que profissionais e instituições têm de enfrentar. Os arquivos já não são espaços fechados, mas abrem-se a toda a sociedade, através da partilha de experiências e ideias entre instituições análogas e o mundo académico.

Da Comissão de Honra do evento fazem parte o presidente do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian, Artur Santos Silva, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, o diretor-geral da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, Silvestre de Almeida Lacerda, e a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Catarina Vaz Pinto.
A entrada é livre, sujeita a inscrição e condicionada à capacidade da sala.

Para mais informações ligue 213 807 155/7 ou consulte o site do Arquivo Municipal de Lisboa.