Amazoníadas reúne história, arte, poesia e música em Lisboa

Etiquetas: , , , , ,
___________________________________________________________________________________

No ano em que se comemoram os quatrocentos anos da fundação de Santa Maria de Belém do Grão Pará pelos portugueses, a cidade de Lisboa recebe o programa multidisciplinar Amazoníadas.

Desenvolvido por Mabel Cavalcanti e Edilson Motta, com o apoio da Casa da América Latina, da APP – Associação Portuguesa de Poetas, da Galeria Bessa Artes e o patrocínio da REMAX-Team, Amazoníadas é um projecto que alia as dimensões artísticas e pedagógicas para promover a sensibilização acerca de questões ambientais e amazónicas. Artes visuais, poesia, história e música são algumas das áreas abrangidas neste espectáculo, que foi escrito por Mabel Cavalcanti e Edilson Motta e tem música de Sóstenes Rodrigues.

O Amazoníadas será apresentado ao público na Galeria Bessa Artes, no próximo dia 12 de Janeiro, pelas 18h00. Esta sessão terá a participação de João Paulo Oliveira e Costa (Diretor do Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar da FCSH) e do diplomata brasileiro Marcelo Novaes (ex-cônsul Geral Adjunto do Brasil em Lisboa). A música fica a cargo do maestro e cantor João Manuel Silva e do coro Banco de Sons, do Grupo Desportivo do Banco de Portugal.

Em jeito de antecipação para o Amazoníadas, a Galeria Bessa Artes apresenta, entre os dias 6 e 12 de janeiro, uma exposição do artista visual Genison Oliveira. A entrada é gratuita.