Exposição Sangue Latino/Sangre Latina

Etiquetas: , , , , , , , , ,
___________________________________________________________________________________

3 de Junho
18h30
Casa da América Latina

A Casa da América Latina apresenta a exposição “Sangue Latino/Sangre Latina”, que reúne trabalhos das artistas Silvia Conte Mac Donell (Argentina), Cláudia Lima (Brasil) e Iria Arriaga (Portugal). A mostra, que conta com o apoio da Embaixada da Argentina, Embaixada do Brasil, Athenas Seguros, Câmara Municipal de Lisboa e EGEAC, estará patente ao público entre os dias 3 de Junho e 30 de Julho.

Silvia Conte Mac Donnell e Cláudia Lima vão estar presentes na inauguração da exposição, que acontece às 18h30 do dia 3 de Junho. “Sangue Latino/Sangre Latina” pode ser visitada até 30 de Julho e tem entrada livre.

“Sangue Latino/Sangre Latina” resulta da pluralidade de linguagens que as três artistas trabalham, cruzando escultura, tapeçaria e vídeo-arte.

Cláudia Lima nasceu no Rio de Janeiro em 1956. Aos sete anos, ingressa na Escola de Arte Infantil do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, sob a orientação do conceituado pintor brasileiro Ivan Serpa. Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito Cândido Mendes no Rio de Janeiro (1979), onde participou na primeira exposição colectiva de artes plásticas organizada por essa faculdade. Um ano depois vem para Lisboa, onde se fixa, e inicia o curso de pintura e desenho na Escola de Arte e Comunicação Visual – Arco, em Lisboa. Entre 1984 e 1985 frequenta a Escola Nacional de Arte Decorativa de Aubusson, aperfeiçoando-se na arte da tapeçaria e, ao mesmo tempo, frequenta os atelieres de pintura e desenho. Reside actualmente em Lisboa.

Silvia Conte Mac Donell nasceu em Buenos Aires (Argentina) a 9 de Dezembro de 1964. Tem uma carreira de onze anos dedicada às Artes Plásticas e estudou em várias oficinas particulares com a artista Mirta Romano. Ingressou também na carreira de advocacia. Actualmente, frequenta o terceiro ano de Ensino em Artes Visuais “Beato Angélico”. Concorreu à oficina de Silvia Turbiner onde estuda técnicas têxteis aplicadas a diversas expressões artísticas. Vive em Buenos Aires.

Iria Arriaga nasceu em 1976, em Portugal. Doutoranda em Artes Visuais, desenvolve uma investigação em vídeo, filme e desenho no IIFA Instituto Investigação – DAVD – Universidade Évora. Com formação artística desde 1992, trabalha nos campos do vídeo, do desenho e da arquitectura. É licenciada em Arquitectura (Universidade Lusíada, 2002) e em Arquitectura de Interiores (Faculdade de Arquitectura – Universidade Técnica de Lisboa, 2000). Viveu e trabalhou em diversas cidades como Paris, Milão e Argel. O seu filme documentário “Jorge de Oliveira – Matéria de Pintura” foi apresentado no Museu Nacional Arte Contemporânea – Museu do Chiado e seleccionado para o Prémio Filmes sobre Arte do Festival Internacional Temps d’Images 2010.