Seminário na CAL debateu o impacto da revolução digital nos países da Europa e América Latina

“Temos de fechar a brecha no acesso às tecnologias digitais que existe em muitos países da América Latina, com base na responsabilização das economias e sociedades. Só assim podemos conseguir os melhores resultados nesta transição. A estratégia tem de ser regional, e não apenas nacional”, afirmou a secretária-geral da SEGIB, Rebeca Grynspan, na abertura do seminário “União Europeia – América Latina: Desafios da Transformação Digital e do Conhecimento no Espaço Ibero-americano”, realizado a 20 de março na Casa da América Latina.