Cuba, Ano Zero?

A Casa da América Latina apresenta a exposição Cuba, Ano Zero?, dos fotógrafos Luís Câmara e Carlos Lopes Franco.

As imagens retratam as personagens que povoam as ruas de Havana, e que transportam consigo simbolismos associados ao ambiente político incerto que se seguiu à morte de Fidel Castro.

A exposição

A dupla de fotógrafos explica como surgiu o projeto: “Com a morte de Fidel Castro e a vontade de consolidar o caminho para o fim do embargo a que se sujeitou durante décadas, Cuba preparava-se para o Ano Zero de uma nova realidade plena de interrogações. Foi este o cenário de dúvida que nos foi dado a testemunhar e a fotografar quando aterrámos em Cuba dois dias depois das cinzas de Fidel terem sido depositadas em Santiago. Aqui, onde mais de 60 anos antes o périplo da Revolução se tinha iniciado, um longo ciclo que tanto marcou e transformou a sociedade Cubana chegava agora ao seu termo. Sob a sombra de ‘El Comandante en Jefe’ e da incerteza dos primeiros dias que se seguiram ao seu desaparecimento, a vida ia sendo normalmente retomada com a rica espontaneidade que veste o quotidiano deste país único. Uma nova viagem rumo a um destino ainda imprevisível, mas fortemente desejado, seja ele qual for, iniciava-se para um povo tão resiliente quanto apostado em ser feliz.”