Consórcio brasileiro e português investe 14M€ em habitação para o mercado nacional

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

Aproveitar as potencialidades das riquezas culturais, patrimoniais, naturais de Vila Franca de Xira, e que beneficia de uma proximidade à Lisboa e com bons acessos, foram algumas das razões da aposta dos promotores imobiliários Estrutural Group e Rio Capital, consórcio luso-brasileiro, quando decidiram desenvolver o projeto Vila Viva e transformá-lo no maior empreendimento residencial da região.

São 85 apartamentos de T1 a T4, todos com varandas e uma vista privilegiada para o Rio Tejo e para a Serra. O Vila Viva está inserido num condomínio privado, com portaria, estacionamento coberto, elevadores, arrecadação, espaços verdes, passeio pedonal, ginásio ao ar livre, salão de festas e jardim infantil. Em plena crise pandémica foram vendidos 40 apartamentos em menos de seis meses, e, restando apenas cinco unidades (T3 e T4) nesta primeira fase que tem previsão de entrega até o Verão de 2021. O investimento no empreendimento é de 14 milhões de euros.

Conscientes da escassez de oferta de habitação nova para os portugueses a preços acessíveis, os promotores Estrutural Group e Rio Capital uniram esforços e apostaram neste projeto como um novo conceito residencial para os portugueses. O objetivo dos promotores é o desenvolvimento de produtos para o mercado interno, proporcionando aos portugueses ou residentes que vivem e trabalham na região o acesso a um imóvel com qualidade e bem localizado.

Fonte: Construir