México – oportunidades de negócios para as empresas portuguesas

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

Por ocasião da apresentação do novo Embaixador do México em Portugal, Hermann Aschentrupp Toledo, a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana, parceira da Casa da América Latina, realizou uma sessão no dia 17 de fevereiro de 2020, na AIP – CCI, onde foi apresentado o Plano Nacional de Infraestruturas para o setor privado, divulgado pelo Governo Mexicano.

Miguel Gomes da Costa, presidente da Câmara de Comércio Luso-mexicana expressou no início da sessão o desejo de atingir os mil milhões de euros nas trocas comerciais entre Portugal, dado que já se atingiu os 600 milhões e o país se tornou o segundo parceiro comercial de Portugal na América Latina.

“Mudar as bases do crescimento económico, o combate à corrupção, um orçamento austero e a redução das desigualdades sociais são valores que norteiam a estratégia do atual Governo mexicano mas nada disto será possível sem a participação do setor privado”, referiu Hermann Aschentrupp Toledo, Embaixador do México em Portugal no início da sua intervenção.

“Em 2019 a inflação foi 2,9% a menor de sempre, prevendo-se uma subida para 3,4% em 2020. A mudança de Governo e a incerteza quanto ao Nafta -Tratado Norte-Americano de Livre Comércio com os Estados Unidos da América, fez vacilar a confiança dos empresários na economia mexicana. Mas a negociação do Nafta foi concluída e a existência de um acordo e a revisão do acordo com a União Europeia devem renovar a confiança nesta economia e estimular o investimento,” esclareceu.

“Projetos de infraestruturas no valor de 43 milhões de dólares serão essenciais para impulsionar a economia, nomeadamente, na modernização de portos e aeroportos, na mobilidade e transportes, telecomunicações, água, saneamento e turismo. As empresas da UE podem candidatar-se a estas obras”, afirmou.

Estados como Tabasco e Jalisco pretendem atrair investimento para os seus projetos federais e o Embaixador do México deixou a promessa de veicular a informação que lhe for chegando, por forma a garantir a oportunidade das empresas portuguesas a se candidatarem a estes projetos.

Mais links importantes:

Proyectos México / Compranet / Apresentação do PNI