PME Connect: Grandes empresas portuguesas e centenas de PMES trocaram experiências durante 3 dias

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

“É preciso dinamizar a diplomacia económica abertamente para benefício das empresas portuguesas, porque essa é uma missão dos governos de todos os países.”

Joaquim Paulo Conceição, CEO Grupo NOV

“Continuamos a ter dois desafios que temos de melhorar e concretizar: até meados da próxima década atingir os 50% do peso do PIB e crescer acima da média de crescimento do PIB, de forma a podermos também importar mais o que precisamos.”

Eurico Brilhante Dias, Secretário de Estado da Internacionalização

“O défice de networking entre as empresas portuguesas e a concorrência que existe entre essas empresas lá fora é algo que não funciona bem. Esta forma de fazer negócios tem de mudar.”

Pedro Pereira, Administrador da TPF 

“A Mota-Engil já contratou mais de um milhão de euros com PME nacionais que integraram o projeto PME Connect, furto da confiança e do trabalho desenvolvido nos workshops colaborativos deste projeto.”

Pedro Arrais, Diretor de Relações Institucionais da Mota-Engil


São estas algumas das conclusões dos 3 dias de PME Connect, um evento de networking que reuniu grandes empresas nacionais com forte atividade exportadora nos setores da energia, turismo, construção, retalho, defesa & IT, centenas de PMEs portuguesas, universitários, membros do Governo, embaixadas. Uma iniciativa inédita, desenvolvida pela Associação Industrial Portuguesa (AIP), Deloitte Portugal, Casa da América Latina e UCCLA colocou os grandes players da economia nacional a apoiarem diretamente a internacionalização das pequenas e médias portuguesas.

Procurou-se aliar a experiência internacional e as redes das grandes empresas portuguesas no exterior aos objetivos de internacionalização das PME nacionais que conseguiram, com esta iniciativa, aceder à mentoria de quem já tem experiência no estrangeiro. Sonae, no retalho, a Mota-Engil na construção, a EDP na energia, o Grupo Pestana no turismo, e a Tekever na defesa & TI, cada um com dez empresas selecionadas.

O projeto incluiu inicialmente um estudo de benchmarking internacional, juntamente com um survey sobre internacionalização que foi aplicado às PME, passando depois à mentoria ao longo de duas dezenas de sessões de trabalho.

Mota-Engil investe mais de um milhão de euros em empresas parceiras do PME Connect

O culminar deste trabalho teve lugar entre os dias 20 e 22 de Fevereiro, no auditório da Casa da América Latina e UCCLA, em Lisboa, num evento chamado “Open Days PME Connect”. Foram partilhadas experiências e apresentados casos concretos de experiências internacionais, quer por parte das grandes empresas, quer por parte das PME. Além disso, foram transmitidas diferentes visões e conhecimento sobre a internacionalização e a competitividade da economia portuguesa, através das várias dezenas de keynote speakers mobilizados para os três dias do evento.

O programa, apoiado pelo Compete 2020, foi desenvolvido pela AIP e pela Deloitte, com o apoio da Casa da América Latina, da UCCLA – União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa e pela Ordem dos Economistas.