A Vidigueira na Casa da América Latina

Etiquetas: , , , ,
___________________________________________________________________________________

A convite dos Embaixadores latino-americanos que no passado mês de abril visitaram a Vidigueira, a Casa da América Latina recebeu no dia 19 de outubro uma delegação desse concelho apresentado o que de melhor têm para oferecer a quem a for visitar o nela investir.

Num evento que promoveu diversos sectores, tais como o agro-alimentar, o turístico e o empresarial, foram inúmeros os espaços destinados à exibição, demonstração e venda de produtos locais, desde o tradicional pão alentejano, passando pelo icónico artesanato, culminando na tentadora doçaria conventual, tudo isto ao som daquele que foi considerado Património Imaterial da Humanidade UNESCO, o cante alentejano, entoado pela Grupo Coral da Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito e Improvisos do Sul.

Rui Raposo, Presidente da Câmara Municipal da Vidigueira afirmou que o “alargar de horizontes do ponto de vista empresarial passa pela qualidade dos excelentes produtos do concelho, bem como das tradições alentejanas, que podem ultrapassar fronteiras e chegar à América Latina, tornando-se uma referência em espaços gourmet nesses países” e destacou também a importância deste tipo de iniciativas na concretização destas aspirações.

E porque como não se pode falar na Vidigueira sem referenciar o sector vinícola, um dos seus ex-libris, José Miguel Almeida, Presidente da Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito, foi o responsável por trazer até Lisboa alguns dos vinhos alentejanos mais premiados. “Este é um evento importante, é a segunda fase da visita dos Embaixadores Latino-Americanos à Vidigueira, onde puderam verificar in loco as nossas condições de produção de vinho e serem recebidos pelas nossas gentes”, referiu. Num espaço que descreveu como “fantástico”, disse vir “retribuir e apresentar aquilo que a Vidigueira tem de bom, como o vinho, o cante, os produtos agro-alimentares e os saberes das nossas gentes”. Do ponto de vista económico, esta iniciativa é “fundamental, porque a nossa estratégia de internacionalização passa também pela América Latina e quantos mais laços existirem, mais fortificada fica a relação”.

Numa iniciativa que contou ainda com uma forte representação das Embaixadas dos países latino-americanos em Portugal, o evento prosseguiu com provas de vinho e degustação gastronómica da região e da América Latina, num promissor intercâmbio cultural e económico.

Agradecimentos: Câmara Municipal da Vidigueira, Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito, Pastelaria Estrela, Doce Alentejo, Pastelaria Arco Iris, Pastelaria O Relógio, Padaria D. Joana, Modesto Fiel, Padaria d`Ema, Padaria Peninsular, Nuno Pinto, Queijaria Carapeto, Casa de Alcaria, Oficina dos Doces, Vidcavea – Azeites da Vidigueira Lda, Manuel Carvalho, Nuno Guerreiro.

Galeria de fotos