Concerto do guitarrista chileno Carlos Cid na CAL

Etiquetas: , , , ,
___________________________________________________________________________________

27 de outubro
21h30
Casa da América Latina (Av. da Índia, 110)

O guitarrista chileno Carlos Cid apresenta-se em concerto na Casa da América Latina no dia 27 de outubro, pelas 21h30.

Carlos Cid Retamal é um jovem nascido cidade de Lota (Chile), com uma carreira musical com cerca de 10 anos. Estudou música, a partir de 2005 com o reconhecido professor Gregorio Madinagoitía no colégio Padre Manuel d’Alzon, em Lota. Nesse mesmo ano abriu uma oficina de instrumentos musicais e participou em inúmeros concertos e encontros mundiais de teatro e música.

Estudou guitarra clássica e licenciou-se em Interpretação Musical pela Universidade Austral do Chile. Paralelamente começou os seus estudos de guitarra no conservatório de música Laurencia Contreras Lema da Universidade de Biobío, com a intérprete superior em guitarra clássica Isabel Almeyda.

Foi aluno de guitarristas de renome como: Marcin Dylla, Wiktoria Szubelak (Polónia) Carlos Pérez, José Antonio Escobar, Luis Orlandini, Romilio Orellana, Esteban Espinoza, Juan Antonio Sánchez, Karla García, Eugenio González, Mauricio Valdebenito e Camilo Sauvalle (Chile), Berta Rojas (Paraguai), Héctor González (Colombia), Tatyana Ryzhkova (Bielorrússia), Juan Falú e Eduardo Egüez (Argentina), Fabio Montomoli (Itália) Sébastien Deshaires (Canadá), André Madeira (Portugal), Lucas Correira (Brasil).

Durante os dois últimos anos fez parte do Quarteto de Guitarras Austral, com o qual se apresentou em várias cidades do sul do Chile, no Festival de la Falda e no Museo de Arte Hispanoamericano Isaac Fernández Blanco em Buenos Aires, Argentina.

Atualmente dá aulas de guitarra na Corporación Cultural Artitas del Acero em Concepción, oficinas de guitarra no colégio Padre Manuel d’Azon de Lota e faz parte da associação de educadores artísticos do sul AEA no programa “Me Gustan Los Estudiantes”, sob o mote do nascimento de Violeta Parra nos colégios mais desfavorecidos de Concepción. Foi reconhecido com uma bolsa de estudos do Banco Santander para ralizar um estágio académico em Madrid, de setembro de 2017 a fevereiro de 2018.