Presidente do Município do Panamá assina Memorando de Entendimento com CAL

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

O presidente do município do Panamá, José I. Blandón, visitou Lisboa, onde foi recebido, a 7 de julho, pela secretária-geral da Casa da América Latina, Manuela Júdice.

O autarca estava em Lisboa para partcipar no XXXII Comité Cultural da UCCI (União das Cidades Capitais Ibero-americanas) onde teve ocasiaão para a presentar a estratégia cultural para a cidade do Panamá.

Na ocasião foi assinado entre as duas instituições um Memorando de Entendimento que , através de iniciativas conjuntas, pretende desenvolver as relações económicas, culturais e educativas que visem a satisfação das necessidades das comunidades que representam e promovam o desenvolvimento humano.

O objetivo deste acordo passa também por incentivar o intercâmbio cultural através de atividades no domínio das artes plásticas, literatura, cinema e música; a coordenação de esforços para estabelecer uma rede de contactos institucionais e empresariais que facilite a circulação de informação sobre oportunidades de negócio existentes em ambos os mercados; a promoção e desenvolvimento de relações económicas e comerciais através de seminários, palestras e visitas; e a promoção de intercâmbios e projetos na área educativa.

Foram apresentadas propostas de cooperação para apoio a festivais de cinema e ao desenvolvimento de projetos a nível académico, aplicados à realidade autárquica.

Na deslocação a Lisboa, José I. Blandón reuniu ainda com Associação de Turismo de Lisboa, foi recebido pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, reuniu com o Presidente da Mota-Engil América Latina, Carlos Mota Santos, vice-presidente da Casa da América Latina – Mota Engil.

Com a visita do Mercado Abastecedor da Região de Lisboa, José I. Blandón termina o seu périplo oficial na região de Lisboa para mais tarde se reunir com estudantes panamenses residentes em Portugal, sempre acompanhado pela Embaixadora do Panamá em Portugal, Ilka Varela de Bares.