Lançamento da marca SuperFoods Peru

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

A 14ª Edição da Feira Alimentaria & Horexpo que decorreu na FIL durante os dias dias 4,5 e 6 de junho. recebeu mais de 25 mil visitantes e foi palco do lançamento oficial da marca SuperFoods Peru em Portugal.

A marca SuperFoods Peru consagra o que de melhor o Peru tem para oferecer ao Mundo. Os superalimentos são ricos em fito-nutrientes com elevados benefícios para a saúde. São geralmente alimentos naturais e inteiros e contêm elevados teores de vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos gordos essenciais e antioxidantes. A introdução destes alimentos na nossa dieta diária é benéfica para a saúde. Os superalimentos peruanos incluem frutas (como lucuma, mirtilos, abacate, manga, maca), hortaliças, grãos, (como quinoa, camu camu, chia, milhos roxo, amaranto, cacau), ervas, raízes e também pescado.

Juan Luis Kuyieng, Diretor do Escritório Comercial do Peru em Lisboa, salientou ainda, na sua apresentação, os 28 climas distintos existentes no Peru que permitem produções variadas e de elevada qualidade nutritiva.

Oito empresas peruanas estiveram presentes na Feira, em representação do Peru, onde apresentaram a sua oferta, visando a exportação para Portugal. Com mais de 300 reuniões efetuadas, estas empresas acreditam que estes superalimentos podem fazer a diferença na qualidade de vida dos portugueses.

Também alguns restaurantes peruanos em Portugal (Segundo Muelle, Grupo José Avillez, Waka Cevicheria Nikkei, Incanto, Caminho do Castelo, Las Cholas) marcaram presença nesta Feira, através dos seus chefs, e em muito contribuem para a importação e consumo de insumos peruanos.

De referir que antes da abertura do Escritório Comercial do Peru em Lisboa, em 2014, existia apenas um restaurante peruano em Lisboa. Atualmente existem treze restaurantes peruanos em Portugal e está prevista a abertura de mais três restaurantes até ao final deste ano. É importante ressalvar que estes últimos restaurantes são resultado de investimento 100% peruano, o que implica o incremento do IDE do Peru em Portugal.

Com esta ação pretendemos responder à incessante procura de espaços gastronómicos peruanos em Portugal e também à procura cada vez maior de produtos peruanos para o consumidor final que em sua casa já começa a introduzir a gastronomia peruana, nomeadamente a quinoa, sementes de chia e cada vez mais o abacate, as uvas e as mangas.