Homenagem a bombeiros portugueses no Chile

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

Por iniciativa da Associação de Chilenos em Portugal, teve lugar na Casa da América Latina, no passado dia 14 de março, uma cerimónia de homenagem à força especial de bombeiros portugueses que se deslocou ao Chile, entre 27 de janeiro e 13 de fevereiro deste ano, para auxiliar a combater os incêndios. Leia aqui o texto de abertura da cerimónia.

A Força Nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil foi destacada para o Chile, no âmbito de uma missão internacional de assistência às autoridades chilenas, para apoio no combate aos incêndios rurais ativos naquele país.

O Presidente da Associação de Chilenos em Portugal, Claudio Lira, afirmou que o esforço empreendido pelos bombeiros portugueses é simbólico de ligações históricas que remontam “aos descobrimentos de navegadores como Vasco da Gama e Fernão Magalhães”. “Esta dívida será paga com o reforço do compromisso de ajuda que temos entre os dois países”, acrescentou ainda.

Manuela Júdice, secretária-geral da Casa da América Latina, disse ter acolhido com “grande emoção” a proposta de homenagem feita pelo Embaixador do Chile em Portugal, Germán Guerrero. “Tínhamos de ajudar os chilenos. Temos uma dívida de gratidão para com eles”, afirmou, relembrando cooperações anteriores dos bombeiros chilenos em Portugal.

O embaixador Germán Guerrero agradeceu aos bombeiros presentes o combate aos “incêndios florestais mais devastadores de que há memória”, e, citando Álvaro Mutis, disse que “quando a gratidão é tão absoluta, as palavras sobram”. “As minhas palavras são breves, mas o agradecimento do Chile é imenso. Chegaram ao Chile como bombeiros e regressam como irmãos do povo chileno”, referiu.

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, lembrou uma “relação de muitos anos” com o país latino-americano no que toca ao combate aos fogos e sismos. “Portugal respondeu com reconhecimento e gratidão. É uma situação em que não pode haver fronteiras. A ida destes bombeiros é um exemplo de humanidade, espírito de entreajuda entre Estados”, explicou.
Leia aqui a entrevista à Ministra da Administração Interna sobre esta homenagem aos bombeiros portugueses.