Presença Latino-Americana no 17º Correntes d’Escritas

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

Teve início na passada terça-feira, dia 23, o festival literário Correntes d’Escritas, no Cineteatro Garrett, na Póvoa de Varzim. Mais de 80 escritores marcam presença no evento que se prolonga até sábado. Entre eles contam-se vários autores latino-americanos oriundos do Brasil, Argentina, México, Colômbia ou Chile.

No dia que encerra o festival, acontecerá o lançamento, pelas 12h00, de dois livros de autores da América do Sul. O brasileiro Julián Fuks apresenta o romance A Resistência, editado pela Companhia das Letras, que fala das memórias pessoais do autor e da sua família na Argentina a partir do golpe de 1976. O colombiano Héctor Abad Faciolince, lança o romance Oculta, com o qual venceu recentemente o Prémio Cálamo, em Espanha, e é editado pela Quetzal.

Marcam presença nos encontros programados para o festival o jornalista e escritor Antônio Torres (Brasil), o escritor David Toscana (Mexico), a poetisa Carmen Yánez Hidalgo (Chile) e o fotógrafo especializado em retratos de escritores Daniel Mordzinski (Argentina).
O programa inclui ainda debates, apresentações, passeios literários e uma feira do livro. Os visitantes têm a oportunidade de falar com os escritores e partilhar opiniões, no âmbito das várias mesas temáticas a decorrer ao longo dos cinco dias.

Consulte o programa completo aqui.