Aliança Ibérica para a mobilidade académica

Etiquetas: , , , , ,
___________________________________________________________________________________

Aliança para a Mobilidade é um protocolo assinado em Maio entre a Secretaria Geral Iberoamericana e o Banco Santander e que vai agilizar a mobilidade académica entre países Ibéricos e a América Latina.

Pela primeira vez na história será possível a circulação de um número significativo de estudantes entre as universidades ibéricas e latino-americanas.

O protocolo é de adesão voluntária e permite que estudantes, professores e investigadores concorram a bolsas que os vão ajudar a cumprir um período de estudo ou investigação em qualquer Universidade integrada no sistema ibero-americano. O Banco Santander é a primeira empresa a apoiar a Aliança para a Mobilidade e vai contribuir com a criação de 40 mil das 200 mil bolsas previstas nos primeiros 5 anos de funcionamento da plataforma.

Rebeca Grynspan, secretária-geral Iberoamericana que na sua visita a Lisboa no passado mês de Abril alertou para a necessidade de se criar um protocolo como o que foi agora celebrado, reforçou na cerimónia da assinatura que “a igualdade e o desenvolvimento humano só se conseguem com educação”.
Também Paulo Speller (Secretário-Geral da Organização de Estudos Iberoamericanos para a Educação), presente na cerimónia, considerou que “este tipo de programas são sem dúvida essenciais para a construção de uma cidadania ibero-americana”.

A criação de uma plataforma como a Aliança para a Mobilidade foi discutida na Cimeira das Américas de 2014 (que se realizou em Dezembro) e surge apenas cinco meses depois de ter sido debatida pela primeira vez por 22 chefes de Estado.