Workshop de Iniciação ao Teatro Físico

Etiquetas: , , , , ,
___________________________________________________________________________________

10 de Março
4 horas de formação
17h30 às 21h30
Casa da América Latina
Inscrição: 30 Euros

Contactos para inscrições: (até 6 de Março)
Tel. 21 394 73 50/6 | 91 326 98 53
E- mail: dlopes@casamericalatina.pt

Juan Carlos Agudelo Plata ministrará o workshop de Iniciação ao teatro físico, no dia 10 de Março, das 17h30 às 21h30, na CAL. O curso integra de forma geral aspectos relacionados com a linguagem física. Através de jogos teatrais e princípios técnicos, os participantes poderão aproximar-se dos fundamentos do trabalho desenvolvido pela companhia colombiana Casa del Silencio, companhia e laboratório de investigação teatral na área da linguagem gestual.

Juan Carlos Agudelo Plata, actor, encenador e formador, iniciou a sua formação em 1979 na oficina teatral El Globo, diplomado pelo Instituto Popular de Cultura de Cali.

Licenciado em Arte Dramática pela Universidade de Valle, formou-se como actor gestual na Escola Nacional de Mímica Corporal, em Paris. Diplomado em 1992 pela Escola Internacional de mimo-drama de Paris Marcel Marceau, integra esta companhia entre 1992-2002, participando nas montagens de “Matéria-prima” e “O Abrigo”, de Nicolau Gogol, dirigido por Carlos Cuevas e Marcel Marceau.

Prossegue estudos de especialização em Artes do Espectáculo na Universidade de Paris VIII. Difusor na Colômbia da técnica da Mímica Corporal Dramática de Etienne Decroux e do legado do Mestre Marcel Marceau, como bases formativas para o actor. Foi professor nas principais universidades e escolas de teatro da Colômbia. Em 1997 funda, em Bogotá, a Associação Cultural Casa del Silencio, na qual realiza as produções “La Kermesse”, “La beleza y la fealdade”, “Los árboles”, “Disomnismos”, “Woyzeck un lamento en el silencio” e “Entre Mortales”. Em 2000, monta “La Fiesta” com o Instituto do Departamento de Belas Artes de Cali, e em 2003 dirige “La casa de Bernarda Alba” com a Universidade de Valle, “Elementos”, com a escola Circo para todos de Cali, “Bodas” (adaptação de “Bodas de sangre”) e “Roberto Zucco”, com estudantes da Academia Superior de Artes de Bogotá. Em 2007 participa como assessor na criação do espectáculo da Taça América de futebol, na cidade de Puerto Ordaz, Venezuela. Vence o prémio “directores com trajectória 2010” da Orquestra Filarmónica de Bogotá, com o projecto de criação “Celebración”, um gesto do desejo. Em 2011 dirige uma versão interdisciplinar da obra “Carmina Burana” com os agrupamentos Tambuco do México e os Coros da Ópera Nacional e Crechendo de Bogotá, uma produção de IDARTES e do Teatro Jorge Eliecer Gaitán. Actualmente, dirige o laboratório LE GESTE, espaço de formação que funciona de forma itinerante em diferentes cidades da Colômbia.