Companhia das Letras chega a Portugal

Etiquetas: , , , ,
___________________________________________________________________________________

12 de Fevereiro
21h30
Fundação José Saramago
Sujeito a convite

21 de Janeiro de 2015 – A publicação do romance O Irmão Alemão, o mais recente de Chico Buarque, assinalará a criação em Portugal da chancela Companhia das Letras, numa iniciativa conjunta entre a editora brasileira de mesmo nome e o Penguin Random House Grupo Editorial.

A criação desta chancela traz para Portugal nomes consagrados da literatura brasileira, assim como clássicos contemporâneos e novos valores da literatura do Brasil. Para 2015 estão garantidos, além de Chico Buarque, autores como Fernanda Torres, Raphael Montes e Sérgio Rodrigues, assim como os clássicos Vinicius de Moraes e Carlos Drummond de Andrade. Como contraponto, a Companhia das Letras publicará no Brasil uma selecção de autores portugueses. Já neste ano, será publicado o romance A Biografia involuntária dos amantes, de João Tordo, autor vencedor do Prémio José Saramago.

Em Portugal, a Companhia das Letras será uma chancela literária dedicada à publicação de autores de língua portuguesa de todas as geografias, com 12 novidades planeadas já para o primeiro ano. Assim, os novos romances de Afonso Cruz e João Tordo e um livro de textos de Ricardo Adolfo, previstos para 2015, sairão também com a chancela Companhia das Letras.

Fundada em 1986, em São Paulo, a Companhia das Letras é uma das editoras de maior prestígio do Brasil, contando no seu catálogo com mais de 3 mil títulos que incluem alguns dos maiores nomes da literatura brasileira e internacional. Em 2015, a um ano de cumprir o 30º aniversário, atravessa o Atlântico para emprestar nome e prestígio à nova chancela literária do Penguin Random House Grupo Editorial em Portugal, que integra selos como Alfaguara e Objectiva. Esta parceria acontece oito meses após a entrada em Portugal do Penguin Random House Grupo Editorial, com a aquisição da Editora Objectiva.

O Irmão Alemão é inspirado numa história real da família de Chico Buarque.

Com perto de 100 mil exemplares impressos no Brasil, o romance terá uma primeira tiragem de 12 mil exemplares em Portugal, onde o autor costuma garantir o sucesso junto da crítica e dos leitores.

O Irmão Alemão é o quinto romance de Chico Buarque, que já havia publicado Estorvo (1991), Benjamim (1995), Budapeste (2003) e Leite Derramado (2009), pelo qual ganhou o Prémio Portugal Telecom de Literatura.

O novo romance de Chico Buarque, assim como o programa da Companhia das Letras, serão apresentados em Lisboa, na Fundação José Saramago, no dia 12 de Fevereiro, pelas 21h30 horas.