Quidgest investe no Peru e na América Latina

Etiquetas: , , , ,
___________________________________________________________________________________

[Texto de Soledad González, Vice-Presidente da Quidgest para a América Latina, em exclusivo para a Casa da América Latina]

Com sede em Lisboa e empresas já constituídas na Alemanha, Macau, Timor-Leste, Moçambique e Marrocos, para além de parcerias em Angola, Brasil, El Salvador, Nicarágua e Quénia, a Quidgest tem investido fortemente e com sucesso na internacionalização das suas actividades.

Actualmente, os mercados externos representam mais de 50% do volume de negócios da empresa, tendência que virá a acentuar-se, uma vez que o crescimento da tecnológica tem acompanhado o seu processo de internacionalização.

O primeiro projecto da empresa no âmbito internacional teve início em 2006, com o fornecimento do Sistema de Gestão dos Recursos Humanos da Administração Pública ao Governo de Timor-Leste, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Seguiu-se um projecto para o Sistema de Gestão Municipal do município de Maputo, em 2009, financiado pelo Banco Mundial.

Na América Latina, a Quidgest está presente desde o início de 2012, com a implementação do seu primeiro projecto em El Salvador. Graças à participação de um parceiro local, foi possível desenvolver um software de Balanced Scorecard na Secretaria Técnica da Presidência de El Salvador. Esta solução, para além de permitir a monitorização e a avaliação do Plano Quinquenal do país, apoia a execução de fundos para o desenvolvimento, provenientes da agência Millennium Corporate Challenge. O mesmo projecto foi merecedor de um prémio na categoria de inovação nos Prémios Computerworld & CIO Ibero-americanos, atribuídos pela IDG em Madrid, em Abril de 2013.

Durante o primeiro trimestre de 2014, a empresa desenvolveu um novo projecto na América Central, desta vez na Nicarágua: a implementação do sistema de Balanced Scorecard na ENATREL, empresa nacional de transmissão eléctrica desse país. Com este projecto, a empresa conseguiu, por um lado, a melhoria dos processos internos para levar a cabo o plano estratégico da organização, e, por outro lado, o cumprimento das acções atribuídas pelo Plano Nacional de Desenvolvimento Humano à ENATREL.

Mais recentemente, a aventura da Quidgest na América Latina ampliou-se até o Peru, através do amável convite do Ministério de Comércio e Turismo, da própria Embaixada do Peru em Portugal e da Casa da América Latina para a participação no evento Perú Service Summit. Através do apoio prestado por estas entidades e das iniciativas promovidas neste mercado, foi possível à Quidgest reunir-se com cerca de uma dúzia de empresas da área das Tecnologias de Informação. O interesse demonstrado, pelas empresas peruanas, na nossa plataforma de geração automática de código, o Genio, já se traduziu no desenvolvimento de novas parcerias estratégicas e oportunidades de negócio iminentes na região.

Mercados como a Colômbia, o Paraguai, a Argentina e o México serão as próximas apostas da Quidgest na América Latina, nomeadamente através do desenvolvimento de novas parcerias com empresas locais e da transferência de tecnologia, vitais na resposta a concursos públicos nacionais e internacionais.