Congresso luso-brasileiro PLURIS na Gulbenkian

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

[Texto recebido da Câmara Municipal de Lisboa]

A cidade de Lisboa vai acolher a edição de 2014 do Congresso Luso-Brasileiro PLURIS – Planeamento Urbano, Regional, Integrado e Sustentável, (PLURIS’14), que se realiza de 24 a 26 de Setembro, na Fundação Calouste Gulbenkian.

A organização do Congresso tem sido, desde a 1a edição, da responsabilidade da Universidade de S. Paulo, da Universidade Federal de S. Carlos e da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, realizando-se alternadamente no Brasil e em Portugal. Este ano a organização/coordenação do Congresso é da responsabilidade da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa e conta com o apoio da CML.

O Congresso PLURIS é um evento internacional que resulta de uma parceria entre investigadores brasileiros e portugueses. Tem uma periodicidade aproximada de dois anos e reúne cerca de 300 participantes, entre os quais especialistas nos domínios do urbanismo, arquitetura, engenharia, planeamento, geografia, design e economia, entre outros.

“O modelo do urbanismo liberal que tem regulado a maioria das intervenções urbanas nos últimos 40 anos encontra-se desgastado, inoperante e incapaz de se auto-regular ou regenerar, tendo posto a descoberto uma crise de valores que dificulta em muito a evolução das sociedades para um novo paradigma que responda eficazmente aos desafios atrás apontados. Avizinha-se o término de um ciclo, e invariavelmente, a mudança faz-se a diferentes velocidades e de múltiplas maneiras. Perceber e reflectir sobre esta mudança que se anuncia, mas que tarda em se materializar, é o objectivo deste congresso” (palavras da Comissão Local da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa, no site do evento).

A cerimónia de apresentação do Congresso decorrerá no dia 19 de junho, às 11h30, no Terraço do Mercado do Chão do Loureiro (Restaurante Zambeze), e contará com a presença do Diretor do Departamento de Planeamento e Reabilitação Urbana, Paulo Pais.