Portugal Exportador debateu América Latina

Etiquetas: , , , , , , , , , , , ,
___________________________________________________________________________________

A Casa da América Latina apoiou de novo a iniciativa Portugal Exportador – organizada pelos nossos parceiros Fundação AIP, AIP-Câmara de Comércio e Indústria, AICEP Portugal Global e o associado BES, com o apoio da  Associação Empresarial de Portugal -, que teve lugar no Centro de Congressos de Lisboa no passado dia 27 de Novembro.

Esta oitava edição contou com presença de 43 Embaixadas, 11 associações, 17 câmaras de comércio, 25 empresas prestadoras de serviços, mais de 100 oradores e cerca de 1700 inscrições. Esta é a maior iniciativa nacional dedicada à exportação, que permite ajudar as empresas a entrarem em mercados estrangeiros ou ajudar na estratégia de internacionalização.

O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, confirmou que as exportações portuguesas deverão terminar 2013 representando cerca de 41% do Produto Interno Bruto (PIB), pelo que este será “o melhor ano de sempre das exportações”. O presidente da Associação Industrial Portuguesa (AIP), Rocha de Matos, reforçou essa afirmação, convicto de que “os números das exportações vão continuar a aumentar”.

Na mesma linha, Pedro Reis, presidente do AICEP Portugal, reafirmou que as exportações “são a chave para a recuperação da economia. São o grande ingrediente do novo modelo de sustentabilidade da economia, a semente do crescimento que está na curva da estrada”.

Este ano o evento contou com um workshop no auditório principal dedicado à América Latina, especificamente aos mercados do Brasil, Chile, Colômbia, México e Venezuela. A apresentação de cada um dos mercados foi efectuada por responsáveis do BES e delegados da AICEP, especialistas em cada um deles.

O programa evidenciou a diversidade e qualidade de empresas portuguesas a actuar nestes mercados e o potencial de crescimento que cada uma demonstrou, em cinco das mais promissoras economias mundiais. E, tal como referiu o responsável pelo Grupo Amorim no Chile, “só é possível ter e manter uma presença nestes mercados através do rigor, inovação, vontade de desenvolver projectos e capacidade de encontrar bons parceiros. O nosso foi a empresa Concha y Toro e fez, efectivamente, toda a diferença entre o sucesso e o insucesso”, comentou.

Consulte aqui as apresentações do BES sobre: Chile, Colômbia e Venezuela.

Programa

Brasil
Moderador: Joaquim Ramos Silva (ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão)
SDT – Bertrand Bouet (Administrador)
Cotesi – Pedro Violas (CEO)

Colômbia
Moderador: André Magrinho (Fundação AIP)
Grupo Pestana/Colômbia – Luís Araujo (Administrador Grupo Pestana)

Chile
Moderador: Ricardo Reis (Católica Business School of Economics)
Sugalidal/Chile – Pedro Paiva Couceiro (CFO)
Amorim/Chile – Vitor Ribeiro (CEO)

México
Moderadora: Dra. Laura Garzón (Embaixada do México)
Ecochoice – Isabel Santos (Administradora)
Mota-Engil – Pedro Antelo (CFO)
Ricardo & Barbosa – Miguel Oliveira (Dir. Dept. Qualidade) e Maria João Barbosa (Dir. Financeira)

Venezuela
Moderadora: Francisca Lucena e Vale (AICEP)
Teixeira Duarte – Luis Alves (Representante na Venezuela)
JP Sá Couto – Luís Cabrita (CEO Prológica)