Nelson Rodrigues e Maria Bethânia no São João

Etiquetas: , , , ,
___________________________________________________________________________________

[Diário de Notícias] A artista brasileira irá estar no Teatro Nacional São João, no Porto, entre os dias 7 e 8 de junho, para apresentar o espetáculo Bethânia e as Palavras. Neste projeto, Maria Bethânia irá ler poemas de autores portugueses como Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner Andersen e Padre António Vieira, intercalando as leituras com canções do seu repertório. Na programação do teatro portuense, apresentada à imprensa, constam ainda 26 espetáculos, agrupados em cinco ciclos, ligados ao Ano Brasil em Portugal e ao Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (FITEI).

O dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues também irá estar representado com cinco peças da sua autoria, a estrear no mês de maio, com vista a assinalar as comemorações do centenário do seu nascimento. A Mulher Sem Pecado, em cena partir do dia 10; Valsa nº6, a partir do dia 14; Otto Lara Resende Ou Bonitinha, Mas Ordinária, a partir do dia 17; Toda a Nudez Será Castigada, a partir do dia 22; e A Serpente, a partir do dia 25, são as peças que integram o ciclo dedicado ao dramaturgo.

A partir do dia 4 de abril entra em cena Madalena, baseada em Frei Luís de Sousa, com encenação de Jorge Pinto. No dia 5 do mesmo mês, no Teatro Carlos Alberto, será a vez da estreia absoluta de Gertrude, a partir de Hamlet de William Shakspeare, com encenação de Simão do Vale. Rosencrantz & Guildenstern Estão Mortos, de Tom Stoppard e direção de Marco Martins, entra em cena no dia 11 com interpretação de Gonçalo Waddington, Nuno Lopes, Bruno Nogueira e Beatriz Batarda.

O Teatro Carlos Alberto vai receber ainda a peça Gil Vicente na Horta, a partir do dia 18, numa parceria com o Teatro Nacional Dona Maria II. Encenado por João Mota, o projeto teatral tem como base o texto O Velho e a Horta, de Gil Vicente, entre outras obras do autor do Auto da Barca do Inferno. Na véspera do dia 25 de Abril, o Teatro Nacional São João abre as portas ao espetáculo Dura Dita Dura, com texto e canções de Regina Guimarães e encenação de Igor Gandra. Zoo, de Victor Hugo Pontes, e o espetáculo de dança Salto, com coreografia de André Mesquita, são mais duas estreias absolutas recebidas pelo Teatro Nacional de São João, a partir dos dias 20 e 27. A 10 de julho sobe ainda ao palco a peça A Visita da Velha Senhora, de Friedrich Durrenmatt encenada por Nuno Cardoso.

As estações do Metro do Porto vão ainda receber o projeto Corpo Casa Rua, desenvolvido e dirigido por Carlos Costa, com interpretação a cargo de alunos da companhia teatral Visões Úteis, dos utentes do Centro de Dia de Santo Ildefonso e reclusas do estabelecimento prisional de Santa Cruz do Bispo.