Arquitectura de Niemeyer faz capa da Mutante

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

[Excerto de texto publicado na revista Mutante] Ajeitar a folha de papel pela enésima vez. Ignorar esse papel e começar logo no virtual, num docx ou doc. Voltar à folha de papel, concreta, como o concreto armado. E a caneta bate, nervosa, as palavras não riscam o papel. Quais as palavras acertadas? E se a emoção toldar o discurso? E se ficarem esquecidas palavras? E se para um nome tão grande sair um texto tão pequeno? Inspirar e ganhar fôlego, feito.
Urge soltar a mão para riscar e há que escrever… [Ler mais no link acima]