Os Filhos de Lumière no 1º Encontro Cinema e Escola

Etiquetas:
___________________________________________________________________________________

A Associação Os Filhos de Lumière foi convidada a participar no 1° Encontro Cinema e Escola que reunirá, entre os dias 13 e 16 de Setembro de 2012, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, Brasil, profissionais brasileiros e estrangeiros, educadores e cineastas, para uma série de debates sobre a presença do cinema nas escolas.

Fruto de uma parceria entre a Cinemateca Brasileira e a Escola Carlitos este encontro tem como principal objectivo discutir as formas de contacto com a arte cinematográfica na sala de aula e a necessidade de criação de uma cultura cinematográfica ao longo da formação escolar. Na sua primeira edição, o evento traz para o centro da reflexão a experiência doServiço Pedagógico da Cinemateca Francesa e seu laboratório Cinema, Cent Ans de Jeunesse, criado em 1996 sob a orientação artística do cineasta Alain Bergala, autor do livro “A Hipótese Cinema: pequeno tratado de transmissão do cinema na escola e fora dela“.

Em representação de Os Filhos de Lumière, Teresa Garcia, uma das suas responsáveis e cineasta interveniente, irá falar sobre a sua experiência neste dispositivo pedagógico, em que participa desde o ano lectivo 2006-2007 e alguns dos filmes realizados em Portugal neste contexto farão parte do programa apresentado pela Cinemateca Brasileira.

Em 2011-2012, cerca de 30 escolas da FrançaEspanha, Portugal, Inglaterra, Alemanha, Itália, Brasil (São Paulo e Rio de Janeiro) participaram do projeto. O público poderá conferir o resultado dessa experiência com uma programação de curtas-metragensrecentemente produzidos por alunos desses países. Para além do programa de filmes portugueses realizados por jovens da Moita, de Lisboa e de Serpa, dos filmes brasileiros realizados no mesmo contexto e de uma selecção de filmes de todos os outros países participantes, serão ainda apresentados por José Manuel Costa filmes portugueses dePaulo Rocha e Manoel de Oliveira e uma série de filmes de animação de Pedro Serrazina,Zepe, José Miguel Rodrigues e Teresa Marques.

Para além da apresentação deste pequeno ciclo de filmes portugueses, José Manuel Costa vai participar em nome da Cinemateca Portuguesa, num debate sobre o papel das Cinematecas e a sua importância na educação ao cinema. Nathalie Bourgeois que dirige o Serviço pedagógico da Cinemateca Francesa e coordena o programa pedagógico “Cinema, cents ans de jeunesse” irá falar desta importante experiência levada a cabo pela Cinemateca Francesa e de outros projectos de educação junto do público escolar.