Programa “O Tempo e o Modo” entrevista hoje Lucrecia Martel

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

Data: 24 de maio (hoje) às 23h30
Local: RTP2

Nasceu em 1966, em Salta, Argentina. Estuda Cinema e Ciências da Comunicação em Buenos Aires. Enquanto realizadora integra-se naquele que é conhecido como o Novo Cinema argentino.

Para Lucrecia Martel, o cinema consente um olhar mais curioso do que vedado por
preconceitos. Lucrecia pensa o cinema como uma forma de acesso ao real, como um modo de questionar a nossa perceção da realidade, sendo pelo cinema que esta adquire significado.

Neste sentido, o cinema devolve-nos uma abertura ao mundo que se perdeu com a
socialização ou com outros sistemas de modelação que influenciam a nossa forma de entender e sentir a realidade.

Assim, o cinema possibilita também um olhar político sobre o mundo, permitindo-nos voltar a ver o que é evidente mas que esquecemos ou escolhemos esquecer. A nossa perceção é moldada, com a anuência de todos, por uma versão da história. Contudo, a humanidade tem mais cambiantes do que aquelas que nos oferece a visão contemporânea de um mundo global.

Para Lucrécia Martel, a essência da vida não é abarcável e o cinema permite-nos justamente olhar para essa transcendência que é, afinal, diz Martel, parte de nós mesmos.

Veja a apresentação aqui.

.