VII Congresso Iberoamericano de Docência Universitária

Etiquetas: , , ,
___________________________________________________________________________________

O VII Congresso IberoAmericano de Docência Universitária, subordinado ao tema geral Ensino Superior – Inovação e qualidade na docência, vai realizar-se na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), de 24 a 27 de Junho de 2012. Trata-se de uma organização conjunta da FPCEUP, da Universidade do Porto e da Associação IberoAmericana de Didáctica Universitária (AIDU), que tem levado a efeito estes eventos de dois em dois anos, no universo iberoamericano.

A disseminação do Ensino Superior como condição de sucesso das políticas de desenvolvimento é uma realidade em construção em todos os países da Ibero-América. Se em alguns países a questão fundamental é ainda o acesso, tal facto não pode esconder a necessidade de se investir na criação de condições que permitam garantir o sucesso dos alunos no Ensino Superior, independentemente das condições culturais e económicas de base a todos os que a ele acedem. E esta exigência decorre, não apenas porque é uma condição de justiça social, mas também porque é uma condição de eficácia, qualidade e até de sobrevivência das instituições de ensino superior. É no quadro desta ideia que joga a procura da inovação.

O VII Congresso IberoAmericano de Docência Universitária, que se organiza em Portugal pela primeira vez, tem como primeiro objectivo pensar esse desafio da inovação pedagógica como factor de qualidade e de credibilidade das instituições de Ensino Superior, a partir  das condições objectivas que o tornam possível, dez anos depois de Bolonha.

São objectivos do Congresso:
– Permitir a reflexão e o debate acerca da promoção da inovação docente como condição da excelência universitária e face aos desafios que se colocam às universidades no século XXI;
– Favorecer a troca de experiências de ensino e aprendizagem entre os profissionais de diversas especialidades, comprometidos com a melhoria da inovação e da qualidade da docência;
– Fomentar o desenvolvimento de redes e comunidades de aprendizagem capazes de criar sinergias entre as estruturas e os agentes educativos em países latinoamericanos e europeus;
– Analisar o impacto do processo de Bolonha na Inovação e na qualidade da docência;
– Fazer do Congresso um espaço de debate e avanço do conhecimento pedagógico disponível, alargado a todas as áreas de saber Universitário.