Seminário Permanente de História do Brasil

Etiquetas: , ,
___________________________________________________________________________________

CONFERÊNCIA FRANCISCO ADOLPHO VARHNAGEN

Luiz Felipe de Alencastro
(Centre d’Etudes du Brésil et l’Atlantique du Sud / Université de Paris IV – Sorbonne)
Varnhagen, a África e o Brasil

28 de Setembro de 2011 – 12:00h – FCSH – Auditório I (Torre B, Piso 1)

Apresentação / Presentation

Nascido em São João de Ipanema, actual Sorocaba (estado de São Paulo), em 1816, Francisco Adolpho de Varnhagen fez os estudos primários no Rio de Janeiro, vendo-se depois enviado para Portugal, onde frequentou o Real Colégio da Luz (1825-1832) e a Academia da Marinha (1832-1833). “Notícia do Brasil” (1838), seu primeiro trabalho de história, valeu-lhe o reconhecimento da Academia das Ciências de Lisboa. Fez-se sócio do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro em 1840. Pouco mais tarde, retornou à Europa, com o encargo de localizar e transcrever documentos relativos à história do Brasil. Suas espantosas qualidades pessoais abriram-lhe caminho a uma longa série de missões eruditas e diplomáticas. Na década de 1850, publicou os dois grossos volumes da História Geral do Brasil. Interessou-se por cartografia, filologia e literatura. Polemizou, entre outros, com João Francisco Lisboa, José Inácio de Abreu e Lima, Peter Marinus Netscher e o 2º Visconde de Santarém. O seu estudo sobre Vespúcio (1858) valeu-lhe renome internacional. Morreu no seu posto de Viena, em 1878, com a distinção de Visconde de Porto Seguro.
A Conferência Francisco Adolpho de Varnhagen coincide com a abertura do ano lectivo da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É uma sessão especial do Seminário Permanente de História do Brasil do Centro de História de Além-Mar, sob o patrocínio da Embaixada do Brasil em Lisboa.