Cristina Rodriguez e Artur Guerra vencem o “Prémio de Literatura Casa da América Latina / Banif 2011″ – Tradução Literária

Etiquetas: , , , , ,
___________________________________________________________________________________

O Prémio de Literatura Casa da América Latina/Banif 2011 – Tradução Literária, no valor de sete mil e quinhentos euros, foi atribuído a Cristina Rodriguez e Artur Guerra, pela tradução do romance póstumo 2666, do escritor chileno Roberto Bolaño, publicada em 2010 pela Quetzal Editores.

O júri constituído por Vasco Graça Moura (Presidente), Annabela Rita (em representação da Associação Portuguesa de Tradutores), por Francisco Belard e Mário Quartin Graça (em representação da Casa da América Latina, sem direito a voto), destacou ainda a tradução de Salvato Telles de Menezes do romance Balas de Prata, do escritor mexicano Élmer Mendoza, publicada em 2009 pela Quetzal Editores, de entre um total de 24 obras de autores oriundos de sete países latino-americanos.

O Prémio de Literatura é concedido anualmente pela Casa da América Latina e pelo Banif, sendo alternadamente de Criação Literária e de Tradução Literária.